A Salesforce é uma empresa americana de software on demand, mais conhecida por ter produzido o CRM chamado Sales Cloud. Além desta solução, a empresa conta com outros produtos com foco em atendimento ao cliente, marketing, inteligência artificial, gestão de comunidades, criação de aplicativos entre outros.

No final de agosto, anunciou aos seus colaboradores que podem trabalhar a partir de casa pelo menos até 31 de julho de 2021. Recentemente Brent Hyder, presidente da Salesforce e diretor de Recursos Humanos, anunciou que a jornada de trabalho das 09h00 às 17h00 já não faz sentido e que num futuro a breve trecho os funcionários só entrarão no escritório um a três dias por semana.

Brent Hyder explicou a decisão da empresa: “Entendemos que mudar os nossos escritórios para as nossas casas nem sempre é fácil ou confortável – especialmente para aqueles que têm famílias em casa ou para aqueles que se sentem isolados –  e estamos a trabalhar arduamente para responder às necessidades únicas dos nossos colaboradores durante este tempo.” Hyder acrescentou ainda: “Para garantir que os nossos colaboradores têm o que precisam para continuar a trabalhar a partir de casa, estamos a oferecer 250 dólares para ferramentas de escritório e equipamentos – além dos 250 dólares fornecidos no início do ano.”

De acordo com o Wall Street Journal, a Salesforce anunciou na terça-feira que os seus colaboradores podem trabalhar “remotamente parcial ou a tempo inteiro após a pandemia” e que a empresa vai reduzir a sua “pegada imobiliária como resultado”. O Wall Street Journal acrescentou: “A Salesforce espera que mais de 65% da sua força de trabalho trabalhe no escritório apenas um a três dias por semana no futuro, acima dos 40% antes da pandemia”.

Brent Hyder escreveu ainda: “À medida que entramos num novo ano, temos de continuar a avançar com agilidade, criatividade e mente de principiante –  e isso inclui a forma como cultivamos a nossa cultura. Um espaço de trabalho já não se limita a uma secretária nas nossas Torres.

Com base no feedback dos colaboradores, a Salesforce irá decretar as seguintes políticas e oferecer aos colaboradores flexibilidade na forma, quando e onde trabalham:

Flexibilidade – Quando for seguro voltar ao escritório, os empregados em todo o mundo trabalharão de forma flexível. Isto significa que estarão no escritório de um a três dias por semana para colaboração de equipa, reuniões de clientes e apresentações.

Totalmente remoto – Para funcionários que não vivem perto de um escritório ou têm funções que não requerem um escritório, trabalharão remotamente a tempo inteiro.

Com base no escritório – Uma força de trabalho mais pequena, trabalhará de um escritório de quatro a cinco dias por semana se estiver em papéis que assim o exijam.

Este movimento é semelhante às recentes ações levadas a cabo pela Amazon e outras empresas tecnológicas. A gigante retalhista online anunciou recentemente que está a começar a construir uma segunda sede na Virgínia do Norte, que irá oferecer uma grande variedade de acomodações para as pessoas quando regressassem ao escritório. O projeto é um enorme escritório de uso misto de 2,5 mil milhões de dólares e complexo de retalho, que pode albergar cerca de 25.000 funcionários e incluir três escritórios de 22 andares e edifícios de retalho. Incluirá bosques, um anfiteatro, percursos pedestres, estacionamento extensivo de bicicletas e locais para poder passear cães.

A Amazon está a antecipar que haverá pessoas que queiram vir ao escritório ocasionalmente. Estão a ser feitos desenhos para acomodar espaço onde os trabalhadores podem colaborar uns com os outros. Dentro do escritório, haverá vegetação e comodidades, como um programa de residência artística.

O Facebook, num movimento que desafiou a tendência atual das empresas que acolhem os colaboradores que trabalham a partir de casa, investiu num campus corporativo de 400.000 metros quadrados. O complexo espetacular oferece um design e funcionalidades incorporando o ambiente e a natureza com um espaço de escritório consistente com a sua marca de estilo de vida ao ar livre. Tem escadas ao ar livre, uma ponte, pátio e claraboias para os trabalhadores verem o céu aberto.

A Alphabet, empresa mãe da Google, anunciou em setembro que está a propor a construção de um enorme projeto de cidade-empresa em Mountain View, Califórnia. Vai construir uma combinação de casas, lojas de retalho, parques e recreações e um campus corporativo com uma extensão de 40 hectares. A visão da Google, considerada o “Middlefield Park Master Plan”, é uma versão atualizada da cidade da empresa e oferece cerca de 1,33 milhões de metros quadrados de espaço de escritório, juntamente com habitação residencial, espaço de lazer ao ar livre, edifícios comerciais, compras de retalho e uma série de outras comodidades. A empresa de motores de busca ficará com a propriedade do campus.

Estas decisões tomadas por empresas de alta tecnologia mostram a nova direção da América corporativa – pós-pandemia. Revela que as empresas estão a gastar grandes quantidades de dinheiro na construção ou aquisição de imóveis, na crença de que o novo estilo de trabalho incluirá uma combinação híbrida de estar num escritório por alguns dias por semana e remotamente o resto do tempo.

Comentários

Sobre o autor

Avatar

Paulo Doce de Moura exerce funções no Banco Carregosa e foi diretor do BNP Paribas Personal Finance. Estudou Relações Internacionais-Económicas e Políticas, na Universidade do Minho e Direção Geral de Empresas no Programa Avançado de Gestão para Executivos na Universidade... Ler Mais