O ano passado foi um período de ouro para as plataformas de crowdfunding. Conheça as cinco campanhas internacionais que conseguiram mais financiamentos.

Lightpoint Medical | MedTech; 3,7 milhões de euros

A Lightpoint Medical conseguiu 3,7 milhões de euros numa campanha na Venture Founders. Esta empresa especializou-se em tecnologia molecular direcionada para doentes oncológicos e cirurgias.

Revolut | FinTech; 4,4 milhões de euros

A campanha da Revolut foi a mais financiada na plataforma de equity crowdfunding Seedrs com um total de 4,4 milhões de euros. O sucesso da Revolut prende-se com o facto de ser um banco 100% digital que não cobra qualquer tipo de comissão em transferências internacionais nem em levantamentos de dinheiro em qualquer parte do mundo. Permite ainda fazer câmbios em 25 moedas diferentes e trocar divisas tradicionais por moedas virtuais (cryptocurrencies).

Segundo a Crunchbase, desde o arranque em 2013, a Revolut já recebeu investimentos superiores a 70 milhões de euros.

Hopster | EdTech; 5,4 milhões de euros

A Hopster conseguiu 5,4 milhões de euros numa campanha, que terminou em junho de 2017, na Venture Founders. A promessa da Hopster consiste numa televisão sem anúncios e uma app de educação para crianças, algo importante num mundo digital onde predomina o entretenimento.

A Sony Pictures Television faz parte do rol de investidores da empresa.

Hibergene Diagnostics | MedTech; 6,7 milhões de euros

Tal como a Lightpoint Medical, esta empresa irlandesa é especializada em tecnologia molecular. A campanha, onde conseguiu arrecadar 6,7 milhões de euros, foi conduzida na SyndicateRoom e terminou em março de 2017.

Com este investimento a Hibergene Diagnostics planeia criar uma rede de distribuição na Europa, no Médio Oriente e nos Estados Unidos.

Seedrs | Equity Crowdfunding; 6,8 milhões de euros

A Seedrs é uma das plataformas de equity crowdfunding mais conhecidas atualmente. Em setembro, a empresa recorreu à própria plataforma para receber perto de 6,8 milhões de euros em investimentos.

Comentários