Os projetos académicos no Norte, Centro e Alentejo podem candidatar-se ao novo programa de aceleração da Agência Nacional de Inovação. O projeto vai ser apresentado hoje na Web Summit.

O programa de Aceleração do Born from Knowledge (BfK), promovido pela Agência Nacional de Inovação (ANI), anunciou ontem a abertura de inscrições para a edição Norte da iniciativa, até dia 15 de novembro, e para as edições Centro e Alentejo até dia 21 de fevereiro.

Podem candidatar-se equipas de investigadores que estejam a desenvolver projetos de base científica e tecnológica, com potencial para se tornarem um produto ou serviço com viabilidade económica.

O programa é composto pelas edições Norte, Centro e Alentejo, cada um deles para aceleração de oito equipas, ao longo de três meses. Cada edição contará com três bootcamps, de um dia cada, e sessões de mentoria (de negócios, mercado e produto) acompanhadas por especialistas das mais diferentes áreas.

Os bootcamps da primeira edição decorrerão no Porto, nos meses de dezembro de 2019 e janeiro e fevereiro de 2020, enquanto os bootcamps das segunda e terceira edições terão lugar, simultaneamente, nas cidades de Coimbra e Évora, nos meses de março, abril e maio do próximo ano.

Cada edição terminará com um Demo Day para apresentação dos pitches finais dos oito projetos capacitados e apoiados frente a um painel de especialistas e investidores.

A iniciativa visa valorizar os resultados de I&D e de tecnologias existentes no sistema científico e tecnológico macional com potencial de comercialização e disponibilizará acompanhamento e capacitação intensivos. Facilitar a transferência deste conhecimento/tecnologias para o mercado, oferecendo aos investigadores mentoria e metodologias do universo empreendedor para validação dos seus projetos é o objetivo principal da iniciativa. O Born from Knowledge será oficialmente apresentada esta manhã na Web Summit, no espaço da Startup Portugal.

Comentários