A ansiedade que a avaliação que os outros fazem de nós nos causa – se nos veem como falhados ou bem-sucedidos – é um dos pontos que o autor aborda neste livro.

Do que fala
“Status da ansiedade” fala sobre um tipo de ansiedade que raramente é mencionado entre as pessoas: aquela que sentimos sobre o que os outros pensam de nós, sobre se os outros nos veem como bem-sucedidos ou como falhados, como vencedores ou perdedores. Esta é abordagem que Alain de Botton faz ao longo das 320 páginas do seu livro onde explica, por exemplo, como a ânsia de dinheiro, a fama e a influência estão entre os principais motivos indutores da busca de um status elevado.

Quem escreveu
Alain de Botton, 50 anos, é um escritor suíço oriundo de uma família de judeus sefarditas. Estudou no seu país natal até aos 12 anos, altura em que a família se mudou para Inglaterra, onde acabou por se formar em História, na Universidade de Cambridge.

Em 1993 publicou o seu primeiro livro com o título “Essays In Love”, um romance em que procurava descrever as suas experiências de enamoramento, rutura e reconciliação. Recorrendo ao pensamento de filósofos como Aristóteles e Wittgenstein, Botton procurou um sentido no amor que acreditava ser uma área problemática da vida.

“The Romantic Movement” (1994) foi o segundo livro e aqui combinou, de forma pouco usual, as opiniões de Descartes e D. H. Lawrence com a ação que se desenrolava no livro. Em 1997, orientou a sua escrita para estudos de carácter filosófico, ao publicar “How Proust Can Change Your Life”, seguindo-se “The Consolations Of Philosophy”, obra que inspirou uma série produzida BBC, com o título “A Guide To Happiness”. 

Temas Chave
Ansiedade, estatuto, sucesso, fracasso, dinheiro, fama.

Ficha Técnica
Título: “Status Ansiedade”
ISBN: 9789722066969
Edição: maio 2019
Editora: Dom Quixote
Idioma: Português
Encadernação: Capa mole
Páginas: 320

Comentários