Todos os anos surgem rankings com as melhores profissões do mundo. O mais recente contempla funções pouco tradicionais como a de “Espectador profissional de TV”, “Provador de cerveja” e “Cientista de chocolate”.

Em 2009, 34 mil pessoas de todo o mundo (portugueses incluídos) candidataram-se à vaga de “zelador” de uma ilha paradisíaca, na Austrália. O escolhido foi o britânico Ben Southall que, durante seis meses, ocupou a única vaga disponível no “melhor emprego do mundo”: experimentar todas as atrações turísticas da ilha paradisíaca de Hamilton e documentar tudo na Internet.

Mas nem tudo terminou como esperado: Southall trabalhou mais do que pensava, terminou o seu relacionamento com a namorada e foi picado por um peixe, cuja picada é a mais dolorosa do mundo. No entanto, de nada se arrepende!

Este pode ser um dos empregos de sonho para muitas pessoas, mas há muitos mais. Segundo  a mais recente lista divulgada pelo Business Insider, estas são as profissões que parecem demasiado boas para serem verdade:

Cientista de chocolate: em 2014, a Universidade de Cambridge anunciou uma vaga para este posto. O trabalho era encontrar uma maneira de fazer com que o chocolate permanecesse sólido e delicioso em lugares quentes. Trabalhar com chocolate parece apetitoso, mas nem tudo seria divertido, já que o projeto fazia parte de um programa de doutoramento e o acesso a Cambridge não é exatamente simples.

Provador de cerveja: O Museu Nacional de História dos Estados Unidos publicou em 2016 uma oferta com esta denominação. O escolhido teve que percorrer os Estados Unidos durante três anos, testando diferentes cervejas para encontrar as de melhor qualidade. O salário, além disso, não era insignificante: mais de 54 mil euros por ano (64 mil dólares por ano). O único requisito para o acesso era ser um historiador profissional com experiência em pesquisa académica.

Mestre construtor da Lego: se quiser alcançar este status, deve começar a praticar o mais rapidamente possível, já que se trata de um grupo muito restrito que não ultrapassa os 40 membros em todo o mundo. Os candidatos que superem o processo exigente e obtenham o título de mestre são responsáveis pela criação de modelos espetaculares e pela construção de cenários nos parques temáticos da Lego.

Proprietário de um café de gatos: estes estabelecimentos estão a ter um enorme sucesso no Japão. Os clientes procuram-nos para tomar uma chávena de café e interagirem com os gatos residentes.

Monitor de surf para cães: de todos os truques que os cães podem aprender, um dos mais curiosos é o “pegar” ondas. Alguns monitores oferecem aulas aos cães e aos seus donos, enquanto outros apenas ensinam os cães a surfar.

Espectador profissional de TV: parece a maneira definitiva de passar horas e horas à frente da televisão sem se sentir culpado por isso. Alguns programas e boletins de notícias contratam-nos para analisarem e sugerirem as peças mais interessantes para usar.

Cuidador de pandas: O Centro de Proteção e Investigação do Panda Gigante de Sichuan (China) anunciou em 2014 que estava à procura de um especialista para cuidar dos filhotes dos pandas. De acordo com a entidade, “o trabalho tinha uma missão única: passar 365 dias com os pandas e partilhar as suas tristezas e alegrias”.

Comentários