Os documentários ajudam a relaxar, mas também permitem aprender de um modo descontraído. Conheça os 10 documentários que são uma inspiração para quem quer ser empreendedor.

Um bom documentário é informativo e educativo, mas também tem o seu grau de entretenimento. Os melhores cineastas atraem frequentemente o espetador para essas produções quando mergulham profundamente no tema e conseguem encontrar pontos emocionais que tocam o público.

Para descomprimir e relaxar ou para aproveitar e aumentar a motivação e conhecimentos durante estas férias, aqui estão 10 documentários com que se pode aprender algo, segundo o Entrepreneur.

Becoming Warren Buffett (2017)

1. Becoming Warren Buffett (2017)
Com um património líquido de mais de 60 mil milhões de dólares (53,2 mil milhões de euros), Warren Buffett é um multimilionário único. O documentário Becoming Warren Buffett oferece uma visão singular e educativa, bem como lições de vida do bilionário, da sua família e dos seus amigos. O lendário investidor ainda vive numa casa modesta em Omaha e vai todas as manhãs ao escritório para gerir a Berkshire Hathaway. O documentário narra a evolução de Buffett até se tornar num dos homens mais ricos e respeitados do mundo. O filme relata uma jornada em que vemos como o famoso investidor começou como um ambicioso rapaz obcecado por números no Nebraska e acabou por se tornar num dos homens mais ricos e reconhecidos do mundo.

2. Generation Startup (2016)
Este documentário acompanha ao longo de 17 meses, seis jovens recém-formados que pretendem ser empreendedores. O filme mostra como estes jovens empreendedores põem tudo em risco ao tentar lançar start-ups em Detroit. O Generation Startup dá um rosto à cultura start-ups que tomou de assalto a geração millennial, ao mostrar os sucessos e fracassos deste grupo de jovens, como enfrentam inseguranças e recompensas incertas.

O filme, que recebeu críticas positivas de empreendedores de sucesso como Arianna Huffington e Daymond John, mostra a linha da frente do empreendedorismo americano, evidenciando a tomada de riscos e revitalização urbana. Mostra também o que é realmente necessário para lançar uma start-up.

3. Burt’s Buzz (2013)
Este documentário narra a história  de Burt Shavitz, um apicultor isolado que relutantemente se tornou numa das marcas mais reconhecidas do setor. Contado em tom cómico, autêntico e convincente, o documentário presta homenagem a Shavitz, o homem por trás da Burt’s Bees. O apicultor é retratado como sendo casmurro, uma pessoa que não aprecia os confortos da classe média, que desfruta da solidão e que renuncia a quase toda tecnologia. Os espetadores também ficam a conhecer o complicado relacionamento de Shavitz com a cofundadora Roxanne Quimby, que acabou por comprar a parte de Shavitz do negócio. Roxanne Quimby depois vendeu o negócio para a empresa Clorox por 177 milhões de dólares (159 milhões de euros).

4. Betting on Zero (2017)
Este documentário desvenda o complexo mundo da Herbalife, a empresa internacional de produtos nutricionais acusada de ser um esquema de pirâmide. O filme Betting on Zero acompanha o bilionário do fundo Bill Ackman e vários ex-distribuidores da Herbalife depois de Ackman fazer um pequeno investimento na Herbalife, que mais não é do que uma aposta de milhões de dólares em como a empresa entrará em colapso em breve. O filme também acompanha a disputas de Ackman com o CEO da Herbalife, Michael O. Johnson, e com o investidor Carl Icahn, e a controvérsia resultante sobre as práticas de negócios da Herbalife. As empresas de marketing multinível (MLM), como a Herbalife, têm sido alvo de momentos de popularidade e preocupação. Ao se focar numa empresa como a Herbalife, o filme revela o poder das mensagens e como isso conduz a agitação entre os apoiantes, mesmo que a empresa deixe um grupo de ex-funcionários insatisfeitos pelo caminho.

5. Tony Robbins: I Am Not Your Guru (2016)
Uma visão dos bastidores do megaevento anual de Tony Robbins, “Date with Destiny”, com a participação de mais de 4.500 pessoas em Boca Raton, Flórida. Tony Robbins: I Am Not Your Guru capta o enorme esforço por trás da produção deste seminário, como as transformações de vida dos participantes e como estas acontecem em tempo real. O documentário tem como objetivo revelar um pouco mais sobre Tony Robbins, coach e orador motivacional de fama mundial. O filme mostra o planeamento intensivo e a análise pós-evento detalhada, que acompanham cada sessão diária durante este seminário anual.

6. Freakonomics (2010)
Adaptado do livro best-seller de Stephen Levitt e Stephen Dubner, o documentário Freakonomics explora como a ciência e a economia ajudam a explicar o nosso comportamento quotidiano. Esta produção reúne uma análise ponderada com algum humor. O documentário é composto de quatro capítulos distintos, cada um dirigido por um realizador diferente. Morgan Spurlock aplica o seu estilo satírico a um episódio sobre as ramificações dos nomes dos bebés. Alex Gibney investiga a corrupção desenfreada no mundo dos combates de sum. Eugene Jarecki examina as possíveis razões para a forte queda nos índices de criminalidade nos anos 90 e apresenta uma explicação surpreendente, embora controversa. Rachel Grady e Heidi Ewing investigam o princípio de oferecer incentivos financeiros aos alunos para melhorar as notas.

7. Steve Jobs: One Last Thing (2011)
O documentário Steve Jobs: One Last Thing é uma homenagem ao cofundador da Apple que faleceu em 2011. Durante os anos em que esteve à frente da Apple, este empreendedor conseguiu mudar a forma como trabalhamos, interagimos e comunicamos uns com os outros. O documentário analisa como o seu talento, estilo e imaginação moldaram as nossas vidas. O documentário leva os espectadores através da trajetória profissional de Steve Jobs e do desenvolvimento das inesquecíveis apresentações de produtos. É um olhar emocionante sobre a vida de um homem que seguiu as suas paixões e mudou o mundo.

8. Food, Inc. (2008)
Food Inc. é um documentário que descreve um sistema repleto de práticas corruptas, secretas e abusivas no mundo alimentar, cujos produtos contribuem para a crescente epidemia de obesidade e o consequente aumento de doenças mortais. Este documentário levanta o véu sobre a indústria alimentar nos EUA, expondo o submundo altamente mecanizado que foi encoberto dos consumidores com o consentimento das agências reguladoras do governo. Esta produção baseia-se na premissa que praticamente todos os produtos alimentares nos EUA são produzidos por empresas que valorizam o próprio lucro em detrimento da saúde do consumidor e do meio ambiente. E levanta questões sobre o que as empresas devem fazer quando os interesses financeiros entram em conflito com o bem-estar dos clientes.

9. Jiro Dreams of Sushi (2011)
Jiro Ono é o proprietário de um pequeno restaurante de sushi, com apenas 10 lugares, localizado numa estação de metro de Tóquio. Mas Jiro Ono, que na altura em que o filme foi lançado tinha 85 anos, pretendeu com o trabalho da sua vida tornar-se no maior chef de sushi do mundo. Algo que, de acordo com várias opiniões, conseguiu. O seu humilde restaurante tem três estrelas Michelin e os clientes estão dispostos a pagar 300 dólares (266 euros) por prato. O documentário Jiro Dreams of Sushi mostra que os empresários com mais sucesso são aqueles que são apaixonados ao ponto da obsessão.

10. Enron: The Smartest Guys in the Room (2005)
Este documentário relata a incrível história da Enron e dos executivos que administravam a empresa. Enron: The Smartest Guys in the Room é a história da espantosa ascensão e queda de uma das empresas que foi alvo de um dos maiores escândalos económicos da história americana. Baseado no livro best-seller homónimo, o documentário investiga o colapso da sétima maior empresa dos Estados Unidos, onde os executivos se apropriaram de milhares de milhões de dólares, deixando os investidores à procura de saídas e arruinando as economias de vida de milhares de funcionários. Não obstante de terem cometido crimes terríveis sem castigo durante quase uma década, é impossível ignorar que eram líderes brilhantes e cativantes.

Comentários