O Web Summit criou uma plataforma de recrutamento para as empresas oradoras no evento, tendo como objetivo ajudá-las a encontrar talento entre os visitantes da conferência.

O Web Summit, que este ano será 100% online, criou a plataforma Web Summit jobs board que pretende ligar as empresas oradoras e que estejam a contratar a potencial talento entre os participantes da conferência.

Na plataforma, disponível no site oficial da maior conferência de tecnologia e empreendedorismo do mundo, os interessados só têm de inscrever a sua empresa e publicar o anúncio com os detalhes do recrutamento.

No anúncio, a empresa deve incluir uma breve descrição da sua atividade, as vagas em aberto, a localização e ainda um link que conduza o candidato a um vídeo de apresentação ou à página oficial da empresa. Posteriormente, o Web Summit disponibilizará à empresa os dados do potencial candidato e o perfil do LinkedIn. O processo de recrutamento prosseguirá em cada empresa.

As empresas que vão estar presentes no Web Summit podem inscrever-se até 23 de outubro. Os detalhes de potenciais candidatos serão enviados a 2 de dezembro, primeiro dia do evento.

Comentários