A terceira edição do programa de aceleração da Fidelidade e da Fosun apresenta-se este ano mais internacional e com o alargamento das suas áreas de atuação.

Foi apresentada ontem, quarta-feira, a terceira edição do Protechting, um programa de aceleração da Fidelidade e da Fosun que conta com a parceria da Beta-i. Este ano, para além do grupo Luz Saúde que procura inovação em start-ups de healthtech, a aceleradora conta com a entrada do banco alemão Hauck & Aufhäuser, que procura inovação fintech com esta iniciativa.

O evento contou com a participação de Jorge Magalhães Correia, presidente executivo da Fidelidade, que destacou que, hoje, o programa “é uma ferramenta fundamental da Fosun na área do empreendedorismo”, independentemente de ter começado para o grupo se manter a par da onda do empreendedorismo e das start-ups, e de ter tido alguma dificuldade com a falta de maturidade dos projetos envolvidos na primeira edição.

Ao todo, vão ser selecionadas 25 start-ups para ingressar no programa e, até à data já houve mais de 130 candidaturas, apesar de estarem a decorrer até dia 29 de abril.

programa de aceleração protechting

Agenda do Protechting 3.0 .

A iniciativa vai premiar três vencedores, que vão poder contar com 10 mil euros em prémio monetário, incubação na Beta-i, workshops, mentoria, networking e ainda com um roadshow na China organizado pela Fosun. Foi ainda revelada a possibilidade de receber investimentos por parte do grupo chinês, que podem ascender aos 350 mil euros.

Pedro Rocha Vieira, CEO e cofundador da Beta-i, esclareceu que nesta edição vai haver um “enfoque em algumas geografias, como na Alemanha, devido à presença da Hauck & Aufhäuser, em Londres, no Brasil e em Macau, o que vai permitir trazer muitas start-ups novas”.

Com a entrada do banco alemão, o programa vai dividir-se entre as start-ups focadas em healthtech e insurtech, que serão aceleradas em Lisboa, e as fintech, que serão hospedadas em Frankfurt.

Para que possa haver mais resultados positivos do que em edições anteriores, nesta versão 3.0 os organizadores e parceiros procuram start-ups que já estejam num nível de desenvolvimento mais avançado.

Comentários