Indico Capital Partners lança esta terça-feira um novo fundo de investimento, no valor de 12 milhões de euros, para investir nas start-ups aceleradas no Indico Accelerator Powered by Google for Startups, uma parceria entre o fundo de capital de risco e a Google.

Em abril, a sociedade de capital de risco portuguesa Indico Capital Partners anunciou uma parceria com a Google para lançar uma aceleradora de start-ups em Lisboa. Três meses depois, foram selecionadas as primeiras seis start-ups para esta aceleradora e foi anunciado que há mais 12 milhões de euros para impulsionar o ecossistema empreendedor português.

Além dos 12 milhões do fundo para financiar projetos em parceria com a Google, existem outros 54 milhões de euros do fundo lançado em janeiro de 2019 pelo Google. Desses 54 milhões, já foram utilizados mais de 22 milhões de euros, em 10 empresas.

No primeira edição do programa de aceleração em parceria com a Google, a Indico selecionou seis start-ups portuguesas, escolhidas por critérios de diferenciação, potencial de mercado e qualidade da equipa, segundo a nota de imprensa.

Cada uma das start-ups selecionada recebeu um investimento de 100 mil euros: APiS – software de gestão de colmeias e monitorização remota de colmeias com impacto na produtividade da produção de mel e polinização; InnovationCast – software de gestão de inovação que ajuda as organizações a melhorar produtividade e crescimento, ligando pessoas para cocriarem ideias e torná-las realidade; Modatta – marketplace de serviços baseados em dados pessoais, que transfere aos utilizadores total controlo sobre os seus dados para criação de relações relevantes com as suas marcas preferidas; Onalytics – software de gestão logística e de qualidade de barris de cerveja; Playbox – plataforma interativa para casais que torna a relação ainda mais íntima e divertida; Skoach – software que alinha equipas com a visão de cultura das suas empresas.

 

Comentários