A marca portuguesa de motorizadas está diferente: tem nova imagem e lançou uma nova moto. A E-XF é elétrica e homenageia a mítica XF-17. Procura investidores para acelerar.

A histórica marca FAMEL está a lançar um novo modelo de moto elétrica e vai apresentá-la na EXPOMOTO esta semana, entre 5 e 8 de maio. Trata-se da nova E-XF e tem dois modelos, a Café Racer (que dá para apenas um ocupante) e a Clássica (para dois ocupantes), podendo ambas vir em duas versões, equivalentes a cilindradas de 50 e de 125 centímetros cúbicos. O modelo de 50cc tem uma autonomia estimada de 70km (podendo ir aos 120km com uma segunda bateria) ao passo que o de 125cc, com duas baterias, tem autonomia estimada de 120km.

Ambos os modelos, na sua versão 125, têm também a versão exclusiva e limitada de Embaixador, numerada de 1 a 300, com detalhes de design únicos e que serão as primeiras a ser entregues.

Neste processo de relançamento, a FAMEL procura investimento, cerca de dois milhões de euros, que numa primeira fase serão estrategicamente repartidos. Inicialmente pretende investir em homologação, desenvolvimento, marketing e internacionalização. Apesar de nesta fase estar a concentrar os seus esforços no mercado nacional, numa segunda fase a marca pretende expandir para mercados internacionais.

Atualmente a empresa é constituída por Joel Sousa (Re-founder) e mais dois sócios que estão ligados tanto à engenharia como ao design. Conta também com um consultor na área do design e emprega mais duas pessoas ligadas à área do marketing.

Neste momento, os responsáveis da marca referem que estão a sentir as dificuldades ditas normais de construção de uma empresa do zero. “O maior desafio da marca é a industrialização para produção em massa deste protótipo que se tornará possível através da captação de investimento”, referem.

As reservas que têm recebido, tanto para a edição limitada (600 euros) como para a edição série (200 euros), demonstram que existe um mercado nacional e internacional preparado para receber a nova FAMEL, referem os seus responsáveis. Com uma nova imagem, máxima segurança, conforto e diversão para uma condução citadina mais responsável e sustentável, a marca quer posicionar-se como uma referência internacional no setor da mobilidade elétrica.

O seu motor europeu permite uma maior fiabilidade, robustez, qualidade e garantia. Deste modo, os próximos passos são a angariação de investimento e entrega das primeiras unidades. Numa segunda etapa, a industrialização para produção em massa é o objetivo e, após uma quota nacional sólida, a internacionalização da marca será primordial, mas sem nunca perder o orgulho português, ou os valores assentes na mesma.

Recorde-se que no final do ano passado, a FAMEL fez uma campanha de relançamento com uma iniciativa de crowdfunding.

Resumo:
Área: Mobilidade elétrica
Produto: Motorizada
Mercado: Nacional e internacional
Necessidade: Investidores
Contactopaulo.ribeiro@famel.pt

Comentários