Empresária no ramo do turismo e hotelaria procura investidores para casas de férias no Parque das Nações e no Douro.

A trabalhar na área da consultoria turística e com várias parcerias com imobiliárias e privados no Algarve, centro e norte do país, Liliane Dolores decidiu apostar também na área turística em Lisboa e no Douro. Neste momento, a sua oferta engloba dois apartamentos em Lisboa, concretamente no Parque das Nações, e duas casas típicas no Douro, para os quais procura investidores.

Explicou que são investimentos diferentes e que o objetivo será “ter mais que um parceiro ou cada parceiro ficar responsável por uma parte do investimento, sendo que cada investidor investe no mínimo 50% do valor total desse investimento”.

Os apartamentos do Parque dos Parque das Nações, referiu a empresária, são de tipologias T1 e T2, grandes e com valores de investimento de 15 a 20 mil cada um. “São valores baixos porque estes investimentos baseiam-se no aluguer, licenças, decoração e pouco mais. Neste momento não se pretende a venda dos mesmos”, frisou.

No Douro o cenário é diferente. Aqui trata-se de típicas, mas que precisam alterações. Neste caso os valores de investimento rondam os 25 a 30 mil por cada imóvel.

Estadias de curta duração para estrangeiros
Para qualquer destas propostas de turismo, as estadias são à temporada, no mínimo de sete noites, no máximo seis meses. O target do projeto são clientes estrangeiros, mas turistas, “aqueles que vêm com o propósito de ficar apenas algum tempo para descansar, conhecer a zona, etc.”, explicou a empresária que já tem vários clientes noutras casas de luxo que possui em Lisboa e onde ficam normalmente três meses, sobretudo, ingleses e alemães.

Quer os dois apartamentos de Lisboa, quer as casas do Douro querem chegar a turistas de classe alta, porque “as condições assim o justificam: desde a localização. decoração e condições oferecidas será tudo visto e colocado ao pormenor”. Têm limpeza diária, oferta de vouchers para lojas, promoções e pacotes para visitar as zonas mais turísticas e emblemáticas de cada uma das regiões.
“Pretendo ter a participação dos investidores no dia a dia, caso assim entendam. Não pretendo que sejam ‘apenas? investidores”, frisou a empresária.

Resumo
Responsável: Liliane Dolores
Área: Imobiliário
Produto: Apartamentos de casas de férias
Mercado: Nacional
Necessidade: Investimento
Contacto: rhld@sapo.pt

Comentários