Fazer férias cá dentro, estar mais perto da natureza e fazer campismo são opções que os portugueses estão a escolher cada vez mais. Mas não descure as boas práticas de sustentabilidade.

As restrições hoteleiras provocados pela pandemia fizeram ressurgir uma prática que muitos turistas estão a adoptar este verão nas suas viagens de férias: o campismo, em autocaravanas, tendas ou outros meios. Mas a procura acentuada por férias de natureza traz associado um aumento da responsabilidade ecológica e social, ou seja, cuidados redobrados com o ambiente e com o planeta.

A pensar nesta faceta dos viajantes, a Indie Campers, empresa portuguesa de aluguer de autocaravanas, aconselha as cinco práticas que qualquer turista sustentável deve adotar ao acampar.  São fáceis de implementar e devem fazer parte das práticas básicas de qualquer viajante.

Limpar o espaço à chegada e à partida
Quando chegar ao destino da sua viagem, ao spot que escolheu para se instalar, apanhe o lixo existente à volta do local. Desta forma garante que impacto positivo na natureza e um ambiente mais limpo durante a sua estadia. E quando partir para outras paragens, assegure-se que não deixa lixo para trás.

Sacos para guardar o próprio lixo
É uma solução simples e eficaz e que garante que os resíduos acumulados durante a estadia são colocados nos contentores apropriados. É também uma forma de não atrair animais.

Estacione e ande a pé
Em férias de campismo, prefira deslocações a pé, de bicicleta ou até de transportes públicos. Além de ser uma forma mais saudável de aproveitar o tempo de lazer, ainda contribui para a diminuição da pegada de carbono provocada pela viagem.

Escolha locais permitidos
Uma das regras do campismo saudável e sustentável é recorrer sempre a áreas reservadas para autocaravanas ou parques de campismo. Lembre-se que dormir e estacionar em locais inadequados ou despejar resíduos em locais proibidos para este efeito é passível de coima.

À natureza o que é da natureza
Não levar para casa “lembranças” da natureza é uma questão de respeito pelo ambiente. Mesmo um objeto ou elemento natural de pequeno porte, aparentemente inofensivo para o ambiente, pode causar alterações no ecossistema e um impacto negativo no meio ambiente envolvente. Pedras, conchas, plantas devem permanecer na natureza.

Comentários