O que é a Explica-me? Ninguém melhor que o seu fundador e CEO, para apresentar esta plataforma que junta pais, alunos e explicadores.

A Explica-me é uma plataforma rápida e de utilização intuitiva que estabelece o contacto entre pais e alunos, que procuram um explicador e, por outro lado, explicadores e centros de explicação que pretendem dar a conhecer os seus serviços, explica André Santos, fundador e CEO do projeto.

“Através de um mapa interativo, qualquer utilizador da plataforma pode filtrar a sua pesquisa por inúmeros critérios que facilitam, em muito, a procura pelo explicador ideal. Quer seja pelo preço, feedback que tenha sido dado por outros alunos, ou até mesmo pelo tipo de explicação (online, grupo, domicílio, individual), a Explica-me garante ir ao encontro do que um aluno precisa e procura, hoje em dia. Além de garantir explicadores para mais de 530 unidades curriculares, conta ainda com professores ligados à informática, à aprendizagem de línguas estrangeiras e à música.

A plataforma foi lançada no dia 2 outubro, numa versão Beta, e já tem perto de uma centena de professores explicadores inscritos. Os explicadores e os centros de explicações poderão inscrever-se gratuitamente na plataforma e usufruir de um período experimental sob a forma do contacto de um aluno. Terminado este período serão convidados a subscrever um dos planos mensais, que melhor vá ao encontro das suas preferências.

“A Explica-me pretende marcar o seu lugar na corrida pela liderança do setor da educação e ensino digital, nos diversos níveis de escolaridade: Ensino Básico (1º Ciclo, 2º Ciclo, 3º Ciclo), Ensino Secundário e Ensino Superior”

Um ideia que nasceu na faculdade
“Tudo começou durante o primeiro ano da licenciatura. Depois de ter recebido uma bolsa de mérito por ter sido considerado um dos 15 alunos com melhor média da universidade, alguns colegas começaram a solicitar-me explicações, para unidades curriculares que tinham deixado para trás. Um pouco reticente com a ideia de ensinar alguém, o desafio foi aceite”, explicou André Santos.

Este foi o ponto de partida. O sucesso dos alunos ajudou a passar palavra e a procura começou a aumentar, até que o jovem estudante universitário atualmente a frequentar o mestrado em Ciências Empresariais, no ISEG, decidiu criar uma página no facebook. “A recetividade excedeu as expectativas”, explicou. Surgiram novos alunos, de novos cursos e universidades e novas matérias, fora do seu âmbito de estudos.

Para não ter de recusar alunos, surgiu a ideia: “Se eu dou explicações, por que não colocar mais pessoas da minha idade a fazê-lo?”. Se o bem o pensou mais rápido o fez. Através das redes sociais, André iniciou um processo de recrutamento junto das universidades de Lisboa. No espaço de um ano, conseguiu juntar à equipa mais de 360 explicadores. Foram lecionadas mais de 1750 aulas, e ajudados mais de 560 alunos.

Com o objetivo de avançar para um projeto mais abrangente que encaminhasse os explicadores para os alunos, de forma mais rápida e fácil, decidiu investir na criação da plataforma www.explicame.pt.

A vivência e experiência adquiridas pelo fundador da Explica-me, enquanto aluno e explicador,  é a vantagem competitiva deste projeto. Apesar de ser inteiramente gratuita para pais e alunos, a plataforma Explicame.pt encontra a sua sustentabilidade financeira num plano de mensalidades destinado aos explicadores e os centros de explicação que, depois do tal período experimental gratuito, pagam um valor que oscila entre 3,9  e os 12,9 euros por mês.

“Tudo surgiu muito naturalmente. Se me perguntassem se, no final da licenciatura, iria ter o meu próprio negócio, dificilmente acreditaria. Creio não ter tido sorte. Na minha opinião a sorte não existe. É sim, resultado de muito trabalho. E quanto mais trabalho, mais sorte tenho”, afirma André Santos.

Resumo:
Responsável: André Santos, fundador e CEO
Área: Ensino
Produto: Explicações
Mercado: Nacional
Necessidade: Precisa de explicadores e centros de explicações que se inscrevam na plataforma.
Contactogeral@explicame.pt

Comentários