O CTIE (Católica-Lisbon Center for Technological Innovation & Entrepreneurship) abriu candidaturas para a segunda edição do Women Entrepreneurship Award (WEA), um prémio que quer promover o empreendedorismo português no feminino.

As candidaturas, que terminam no dia 15 de março, podem ser feitas por mulheres empreendedoras portuguesas ou que liderem projetos com atividade no país, que detenham cargos de liderança na empresa/organização que representam, ou, ainda, que possuam uma parte significativa de um negócio.

O grau de inovação do conceito, sustentabilidade financeira e modelo de negócio, bem como impacto social e na comunidade serão alguns dos critérios de avaliação para o grupo de jurados que vai analisar os projetos.

A vencedora do Women Entrepreneurship Award terá acesso ao Programa Avançado em Empreendedorismo e Gestão da Inovação (ou outro programa equivalente) na Católica-Lisbon School of Business & Economics, a uma formação de media training personalizada e ainda a mentoring de um dos membros do júri. O prémio será entregue no dia 29 de Abril numa cerimónia com a presença das três finalistas.

A primeira edição do Women Entrepreneurship Award (WEA) realizou-se no ano passado e registou um total de 36 candidaturas. As finalistas foram Ana Palmeira de Oliveira, cofundadora do Labfit, e Lina Gomes, fundadora da Mindflow, e vencedora foi Joana Rafael, cofundadora da Sensei.

“Dar mais palco e suporte às empreendedoras portuguesas com provas do seu sucesso no mercado”, foi a motivação que esteve na origem da criação deste prémio, explicou Céline Abecassis-Moedas, professora e diretora académica do CTIE.

Comentários