O negócio do mês em destaque pelo Link To Leaders é a Unbabel, que levantou 5 milhões de dólares, tendo em vista trazer a inteligência artificial para o mercado das traduções.

A Unbabel, start-up portuguesa liderada por Vasco Pedro que associa a tradução automática a uma comunidade de pessoas e que se tornou na primeira empresa portuguesa a entrar no acelerador YCombinator, levantou 5 milhões de dólares (cerca de 4,73 milhões de euros) numa ronda liderada pela Notion Capital e pela Caixa Capital.

“A Unbabel está basicamente a criar novas formas para as empresas interagirem com os consumidores através das barreiras linguísticas e das fronteiras. O nosso investimento na Unbabel reforça o papel de liderança da Caixa Capital no financiamento das melhores empresas de tecnologia de Portugal”, refere Stephan Morais,  administrador executivo da Caixa Capital.

Para além destes, entraram também no investimento investidores que já estavam com a Unbabel, nomeadamente a Farber Ventures e a Schilling Capital Partners.

Criada em 2013, a Unbabel já levantou mais de 8 milhões de dólares (cerca de 7,57 milhões de euros) de investimento nestes três anos de existência.

“Estamos muito satisfeitos por termos fechado esta nova ronda de investimento e ainda mais por termos um novo sócio, a Notion Capital, que traz uma grande experiência e conhecimento em Cloud e SaaS e que nos pode ajudar a potenciar os nossos esforços para crescermos e a explorar novos caminhos para o mercado”, referiu Vasco Pedro, CEO da Unbabel.

“Nós já reduzimos um décimo do custo da tradução humana nos últimos dois anos, e vamos fazer novamente o mesmo nos próximos dois”, acrescentou.

A verba levantada nesta ronda de investimento será utilizada para financiar a construção da “Unbabel Language Engine” – uma plataforma tecnológica própria que combina o processamento natural da linguagem com inteligência artificial, algoritmos de estimativa de qualidade e uma rede global de 40 000 editores humanos. A plataforma permitirá traduções rentáveis e de qualidade para o conteúdo de conversação em e-mails e chat à escala global.

“Com um mercado de 38 bilhões de dólares em serviços de tradução, é óbvio que há um custo enorme para qualquer empresa que deseje fazer negócios num mundo multilíngue. No entanto, esse mercado é composto por um trilo incrivelmente longo de soluções de elevado custo, com baixa tecnologia e muita ineficiência, onde o modelo de negócios é basicamente “implicar mais recursos humanos no processo”, explicou Vasco Pedro, cofundador e CEO da Unbabel.

“Ainda achamos que os seres humanos desempenham um papel extremamente importante no processo, mas muito mais acima na cadeia, está a tecnologia de ponta que faz 95% do trabalho deles. Com essa abordagem, podemos traduzir texto mais rápido e mais barato, incluindo tipos de conteúdo que antes eram vistos como intraduzíveis, como e-mails e chat.”

Chris Tottman, Partner da Notion Capital, confessa que “Estamos extremamente impressionados com a tecnologia base da Unbabel e com a sua tração inicial com clientes como o Pinterest, a Microsoft e o Skyscanner, bem como com o potencial de crescimento rápido através de plataformas como a Zendesk e a Salesforce”.

Tottman acrescenta ainda que “Estamos empenhados em construir a próxima linha de empresas SaaS líderes da Europa – a Unbabel é líder incontestável neste setor em rápida evolução, redefinindo o que pode ser traduzido e como, e acrescentando um enorme valor ao processo. Imagine o quanto o PIB global seria maior se não tivéssemos barreiras linguísticas “.

A Unbabel oferece APIs para integração fácil com os fluxos de trabalho de criação e tradução de conteúdo interno das empresas, com integrações específicas com a Zendesk e Salesforce, que permite ao atendimento ao cliente oferecer um suporte multilíngue em apenas alguns cliques.

A Unbabel está hoje em Lisboa, Portugal, e em São Francisco, na Califórnia, EUA.

Comentários