Início Posts tagged Rosário Pinto Correia

As cedências que o poder implica

A última temporada da série norueguesa Borgen acaba com um discurso de Birgitte Nyborg (líder do partido Nova Democracia, Ministra dos Negócios Estrangeiros e ex-Primeira Ministra da Dinamarca) que devia integrar todos os manuais de gestão.

A montanha, os desafios e as lições de humildade

Acabada de chegar das montanhas do Equador, sinto-me obrigada a partilhar o que por lá vivi ... e aprendi. No ano passado escrevi sobre a subida ao cume do Kilimanjaro. Não bem sobre a subida, mas sobre o extraordinário líder que com ele levou 27 pessoas até ao cume mais alto de África, numa subida inesquecível.

As rápidas e fáceis condenações em praça pública

É hábito neste país ter opinião sem a preocupação de a fundamentar com conhecimento. É hábito neste país crucificar em praça pública com base em coisas que se dizem ou aparecem escritas. É hábito neste país falar tendo como princípio de conversa “se o que vi / li / ouvi está certo...” sem antes verificar se está ou não.

O valor de saber o que fazer….

Saber o que fazer, sem hesitar e conseguindo o resultado que se pretende, geralmente não acontece por acaso. E não se aprende tudo nos bancos da escola. A vida e o que nela vivemos vai-nos ensinando, pouco a pouco, quais as peças que devemos procurar e ajudando a perceber o que com elas devemos fazer.

Com três letrinhas apenas…Queremos mesmo ser todos iguais?

Igualdade de dignidade e de direitos. Igualdade perante a lei. Igualdade (de tratamento)... sem distinção alguma, nomeadamente de raça, de cor, de sexo, de língua, de religião, de opinião política ou outra, de origem nacional ou social, de fortuna, de nascimento ou de qualquer outra situação...estatuto político, jurídico ou internacional do país ou do território da naturalidade da pessoa, seja esse país ou território independente, sob tutela, autónomo ou sujeito a alguma limitação de soberania.

Bilhete? Só na internet…

Isto é a resposta que os habitantes de muitas das cidades deste país ouvem quando querem comprar um bilhete. Não, não é para a ópera, nem para um concerto de rock ou de rapp, nem para o futebol! Porque esses todos têm bilheteiras. É para comprar um bilhete de autocarro!