As start-ups francesas Smoove e Zoov anunciaram que se vão unir para incentivar a mudança da utilização de carros para bicicletas. Reduzir em 60% as emissões de gases com efeitos de estufa relacionados com os transportes é o objetivo.

As francesas Smoove e a Zoov vão juntar forças para revolucionar a mobilidade urbana incentivando a utilização de bicicletas. As duas start-ups vão combinar os seus conhecimentos e experiências para o lançamento de uma nova tecnologia a nível global que será capaz de apoiar qualquer cidade com uma gama de sistemas inovadores de partilha de bicicletas, afirmaram.

Ao combinar a experiência e presença internacional da Smoove com o avanço tecnológico da Zoov, a nova entidade será capaz de atender a todas as expectativas dos governos locais e, assim, acelerar a mudança de carros para bicicletas e oferecer sistemas de atendimento automático, referiram as start-ups. Devido à variedade de usos para e-bike, estão a ser desenvolvidas, atualmente, novas ideias – com base na experiência de ambas as entidades – que serão apresentadas no decorrer do ano. Os colaboradores da Smoove e da Zoov, ambas com presença em Paris, Lyon e Bordéus, já começaram a trabalhar em conjunto e todas as unidades existentes irão permanecer ativas. As operações na zona de Bordéus continuarão a ser operadas como parte do ciclo de desenvolvimento do produto, o que representa uma frota de mais de mil bicicletas elétricas.

De forma a capitalizar os benefícios ambientais e económicos da produção local, ambas as empresas continuarão a contribuir para o desenvolvimento da indústria francesa de bicicletas contando com a rede industrial francesa para desenvolver as suas ideais. A cadeia de abastecimento das bicicletas Vélib beneficiará, também, de medidas de relocalização.

Arnaud Le Rodallec, CEO da Zoov,  citado pelo EU Start-ups, explicou que a fusão com a Smoove, é uma  “oportunidade de implementar em grande escala a tecnologia que já desenvolvemos há quatro anos”.

Esta aliança, e também de acordo com o presidente da Smoove e chefe de negócios da Mobivia Via ID, “corresponde perfeitamente ao objetivo original da Mobivia de tornar a sua mobilidade sustentável e acessível a todos, uma vez que dá mais força à nossa capacidade de apoiar a transição para a mobilidade ativa nas cidades do amanhã”.

A Mobivia, empresa-mãe da Smoove, permanecerá como a acionista maioritária nesta operação de criação da nova entidade, que se prepara para captar mais capital para acelerar do negócio e aumentar da sua capacidade de inovação.

Comentários