O projeto visa fomentar a atração de talento feminino e é direcionado para mulheres residentes em Portugal e Espanha. Inscrições até dia 1 de outubro.

É mulher? Interrompeu a sua carreira profissional por motivos pessoais e quer regressar ao mercado laboral? Então a Schindler Iberia desafia-a a participar no “Woman Back to Businesss”, um programa pensado para mulheres que residam em Portugal e Espanha que quer dar uma nova oportunidade às que pretendem voltar a trabalhar, mas que encontram dificuldades para o conseguir fazer.

O programa da Schindler Iberia oferece admissão na empresa através de postos de trabalho relacionados com as áreas comercial, de atendimento ao cliente e de operações. O “Woman Back to Businesss” é especificamente direcionado para as mulheres que apesar de terem estado afastadas da atividade profissional (por um período de tempo entre 3 a 10 anos) tenham uma experiência mínima de 5 anos em grandes empresas nacionais ou internacionais e que possuam um bom nível de inglês, B2, como requisito obrigatório.

As inscrições no programa podem ser feitas até dia 1 de outubro. Depois de selecionadas, as candidatas iniciarão, ainda durante o mês de outubro, um período de formação de 6 meses com flexibilidade, de forma a que lhes seja possível conciliar a vida pessoal com o regresso à atividade laboral. Nesta fase, informa a Schindler, as profissionais selecionadas terão contato com o modelo de negócio da empresa, bem como com as ferramentas tecnológicas com que irão trabalhar. Finalizado o período de formação, as participantes integrarão a estrutura da empresa, desempenhando funções específicas nos departamentos em que forem colocadas.

Gemma Baz, diretora de Recursos Humanos da Schindler Iberia, esclareceu que “mediante este programa, a empresa quer atrair e captar o melhor talento para a nossa organização. Temos clientes masculinos e femininos e aumentar a diversidade de género dos nossos colaboradores ajudará a que a estrutura da empresa represente melhor a realidade do mercado (…). Através deste programa aumentaremos o número de mulheres que podem mostrar as suas mais-valias e perseguir as suas metas profissionais, independentemente da sua situação pessoal”.

Comentários