A campanha tem como meta angariar um mínimo de 100 mil euros e está a decorrer na plataforma GoParity. São aceites donativos a partir de um euro.

O movimento Tech4COVID19, apresentado esta semana, acaba de lançar uma campanha de angariação de fundos – designada STOP COVID-19 – para adquirir equipamento médico que será doado a centros hospitalares e unidades de saúde. Estão em causa equipamentos de proteção médica (máscaras, luvas e fatos de proteção), que garantam a proteção individual dos profissionais de saúde, impedindo o contacto com superfícies infetadas e diminuindo assim a probabilidade de propagação do vírus.

A campanha  StopCovid19 tem como meta angariar um mínimo de 100 mil euros e está a ser gerida pela GoParity, uma plataforma de crowdfunding focada em projetos sustentáveis e que é também ela membro do recém criado projeto Tech4COVID-19.

As doações podem começar com um euro. O pagamento está disponível através de IBAN e cartão de crédito e, a partir de hoje, também via MBWay.

Já a identificação de fornecedores mundiais para a compra dos equipamentos resulta do esforço de mais de 15 start-ups que fazem parte da comunidade, entre as quais estão nomes como Adapttech, AddVolt, Azitek, ChinaFacture, GoParity, Healthy Road, Humaniaks, HUBB, ISSHO, LOQr, nBanks, PlugtoChina, TonicApp, Ungap, Vizzuality, Wisecorp e YBYFoods.

A campanha STOP COVID-19 tem o apoio institucional, em alguns casos financeiro, da Startup Portugal, da ANJE, da Startup Lisboa, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, da Casa do Impacto e da Morais Leitão e Galvão Teles, entre outros.

Com poucos dias de vida, a comunidade Tech4COVID19 já envolve mais de 1.500 empreendedores e colaboradores de tecnológicas e tem em curso cerca de 15 projetos de combate ao vírus.

Comentários