Já estão escolhidos os graduados de mais um programa do Founder Institute Lisboa. Foram seis os projetos que chegaram à final.

O Founder Institute Lisboa divulgou na semana passada os finalistas do seu mais recente programa de aceleração. Foram seis as start-ups que chegaram à final do programa, depois de um arranque onde participaram 27 start-ups. Ao longo dos meses em que decorreu o programa, e depois de várias etapas de selecção, foram agora encontrados dos finalistas. Como explicou Sandro Batista, um dos diretores do Founder Institute Lisboa, “apenas fazem a graduação entre 1/4 a 1/3 dos candidatos aceites dado a rigidez do programa e a necessidade de se formarem mesmo negócios”.

Recorde-se que este programa de aceleração tem como finalidade apoiar as start-us que estão numa fase muito inicial a darem corpo às suas ideias e criar os seus projetos e respetivos modelos de negócio.

Como frisou Sandro Batista, cada um dos participantes já criou a sua empresa e, agora, “é altura de ir para o mundo”.  Lembra ainda que os graduados deste curso “podem candidatar-se ao programa seguinte, grátis para qualquer graduado do Founder Institute, focado em investimento e realizado em Silicon Valley presencialmente ou de forma remota”.   Além disso, acrescentou, que” como graduados do Founder Institute têm também acesso a cerca de 1 milhão de dólares em benefícios para o kick-off da sua empresa (tecnologia, plataformas de CRM, plataformas de marketing…)”.

O início do próximo semestre do programa do Founder Institute está programado para abril e as candidaturas começam já este mês.  Refira-se que na edição do ano passado foram selecionados seis projetos.

As finalistas:
Datadev
Plataforma digital que ajuda as empresas a contratar cientistas de dados e os monitoriza para assegurar a entrega de trabalhos de alta qualidade. (Fundador Celso Bispoo)

Leanmat – Marketplace online de materiais de construção, que ajuda as pequenas e médias construtoras a poupar tempo e dinheiro através da digitalização e automação do processo de compra de materiais. (Fundadores: João Pestana e João Pedro Martins).

PynkiwiPlataforma web e mobile com o objetivo de facilitar o planeamento e a organização de viagens em grupo. Com Pynkiwi encontrar voos, hotéis, restaurantes, actividades, etc, que satisfazem o grupo de viajantes é muito mais fácil e eficaz. (Fundadora: Jennifer Monimambo).

RevArt  Plataforma digital que ajuda artistas emergentes na promoção, valorização e venda das suas obras de arte através a compradores e apaixonados por arte. (Fundador: Alex Dipalo).

SeatbiteEstá a desenvolver uma aplicação cujo objetivo é facilitar os consumidores a adquirirem comida, bebidas e produtos merchandise em estádios e venues sem que os saiam dos seus respetivos lugares. (Fundador: Cândido Pimentel).

The Glamping Store – Marketplace digital internacional que ajuda as empresas a encontrar, escolher e personalizar as melhores estruturas e acessórios para os seus projetos de glamping, através de modelos 3D modificáveis online. (Fundador: Ronnie Smith).

Comentários