Prémio Empreendedorismo e Inovação CA distingue 7 projetos

A 8.ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola selecionou sete vencedores depois de uma final disputada por 12 projetos.

Já conhecidos os vencedores da 8.ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola, relativos a 2021, uma edição que destacou o tema da sustentabilidade em linha com as prioridades nacionais e europeias de apoio à inovação no setor e com a estratégia adotada pelo próprio Crédito Agrícola.

Estiveram em competição cinco categorias – agro-indústria 4.0; biotecnologia e bioeconomia; produtores inovadores; inovação em parceria; e projeto de elevado potencial promovido por associado do Crédito Agrícola.

Chegaram à final 12 projetos, sete dos quais se consagraram vencedores (ver lista). Aos premiados em cada uma das categorias referidas é atribuído um prémio monetário de 5 mil euros. O finalista que se destaque enquanto Jovem Empresário Rural recebe uma menção honrosa no valor de 2.500 euros.

Tal como sucedeu nas edições anteriores, e na sequência da parceria com a Agência Nacional de Inovação (ANI), também nesta foi atribuído o prémio Born From Knowledge (BfK), ao melhor projeto ou start-up de base científica e tecnológica.

Conheça os vencedores:

SpecTOM – Agro-Indústria 4.0
Utilização de inteligência artificial e técnicas de espetroscopia para visualizar as estruturas internas das plantas e quantificar a composição dos diferentes tecidos. Trata-se de uma solução portátil e não invasiva, que permite um diagnóstico em tempo real. Através da quantificação de metabolitos chave, torna-se possível efetuar diagnósticos bastante precisos sobre o estado e/ou evolução de doenças/lesões internas, bem como sobre a resposta aos tratamentos.

InovPastel – Biotecnologia e Bioeconomia
Criação de opções de pastelaria tradicional mais saudáveis e funcionais mantendo o seu sabor original, através da redução do teor de açúcar e gordura e incorporação de bio-ingredientes menos calóricos e mais saudáveis, tais como fibras dietéticas.

Agricultura Competitiva e Sustentável – Produtores Inovadores
Quinta totalmente sustentável que tem apostado na eficiência energética e na agricultura de precisão, com tratores autoguiados, gestão da irrigação, sensores, satélites, drones e digitalização de todos os processos, com benefícios económicos e ambientais. Aposta também na substituição de fatores de produção de origem sintética para orgânica e investe na promoção da biodiversidade do solo, com técnicas de conservação como a sementeira direta, e da fauna, com a criação de zonas de refúgio para abelhas e outros animais.

NaturALL – Projecto de Elevado Potencial Promovido por Associado CA
Desenvolvimento de um desinfetante inteligente combinando princípios de nanotecnologia, matéria-prima florestal e economia circular. O objetivo é utilizar compostos extraídos maioritariamente de produtos da floresta endémica portuguesa como a bolota para o desenvolvimento de uma alternativa natural aos produtos sintéticos, e que seja também segura, não-tóxica, ecológica, biodegradável e sustentável.

Amêndoas com identidade – Inovação em Parceria
Empresa que usa a tecnologia Blockchain para possibilitar que os consumidores das amêndoas Veracruz acompanhem o trajeto dos alimentos de forma 100% automatizada e em tempo real através das etiquetas de rastreabilidade QR Code. A Veracruz será a primeira empresa produtora de amêndoas a nível mundial a ter o seu produto rastreável.

­Medronho Bottle – Jovem Empresário Rural
Exploração dedicada à produção de medronho e que desenvolveu uma bebida suave à base de medronho, inovadora e de baixo teor alcoólico, com caraterísticas distintivas que não existem no mercado. O projeto surge como estratégia de valorização do fruto, objetivando a criação e comercialização de um produto sustentável de valor acrescentado. O projeto prevê o desenvolvimento de quatro sabores distintos: original (medronho), laranja, lima-limão e frutos vermelhos.

Smart Trap – BfK
Armadilha inteligente que permite a monitorização remota do inseto vetor da Flavescência Dourada (Scaphoideus titanus Bal.), 5 a 10 vezes mais pequeno que outros insetos já detetados por armadilhas. O inseto é capturado numa fita cromática e a identificação é feita por um sistema de captura de imagem que possibilita a transmissão sem fios periódica e o seu arquivo.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados