Foram muitas as mudanças que esta pandemia Covid-19 veio introduzir nas nossas vidas, tanto no plano pessoal, como profissional. No setor dos serviços, para além do teletrabalho, das imensas reuniões nas plataformas digitais ou da necessidade de conciliar o trabalho com a família, foram muitos os desafios colocados aos trabalhadores, que os levaram a refletir seriamente sobre o seu próprio trabalho.

Num relatório recente publicado pelo Fórum Económico Mundial acerca do “Futuro do Trabalho”[1], o “propósito do trabalho” emergiu como uma das grandes preocupações dos trabalhadores, levando-os a hipotetizar deixar o seu atual trabalho, em detrimento de um outro que lhes proporcionasse gratificação profissional e pessoal. Neste panorama, naturalmente que tanto a criação de um negócio próprio, como a proposta de um novo projeto na empresa onde o trabalhador já colabora, sobressaíram como excelentes projetos de vida. Então: Porque não desenvolver os seus conhecimentos e skills de empreendedorismo?

Para responder a esta pergunto faço questão de mencionar a Pós-Graduação em Empreendedorismo e Desenvolvimento do Negócio do ISCSP – Universidade de Lisboa [2], que tenho o gosto de coordenar com o Prof. Manuel de Sousa Antunes, por diversas razões. Em primeiro lugar, por se tratar de uma oferta diferenciadora no mercado, uma vez que procura desenvolver não apenas os conhecimentos técnicos essenciais à elaboração de um plano de negócios viável, mas também pela ênfase no desenvolvimento das competências empreendedoras (como o networking, a propensão para o risco calculado ou a resiliência). Porque mais do que criar ou gerir um negócio ou projeto próprio, o empreendedorismo é um mindset, i.e. um paradigma, uma forma de estar ou um estilo de vida.

Mas esta Pós-Graduação é também uma mais-valia pelo elenco de professores que a compõem – desde business angels, diretores de incubadoras ou empreendedores – que detêm não apenas o conhecimento, mas fundamentalmente a experiência do que é “ser empreendedor”. E desta forma podem ajudar especificamente cada pós-graduando na execução do seu plano, na viabilidade da sua ideia e no desenvolvimento dos “pontos-fracos” (ou “oportunidades de melhoria”, como preferimos designar).

Para além do corpo docente, também os parceiros constituem uma grande vantagem desta oferta formativa, constituindo todos eles elementos-chave do ecossistema empreendedor português e contribuindo de forma decisiva para o investimento, a divulgação e o desenvolvimento das novas ideias de negócio. Por isso, ao longo desta Pós-Graduação os alunos vão trabalhando especificamente o seu plano de negócio – ao longo dos vários módulos – culminando com a apresentação de um pitch, perante uma plateia especialista e potencialmente interessada em investir.

Antes de terminar, vale a pena reforçar que esta Pós-Graduação vai já para a sua 4ª Edição, pelo que são muitos os negócios que esta oferta formativa tem ajudado a nascer, nas áreas do turismo, da energia, da mobilidade ou da moda (apenas para citar algumas), o que atesta o acumular de know how e experiência no empreendedorismo, tanto em Portugal como além-fronteiras.

Por todas estas razões, a Pós-Graduação em Empreendedorismo e Desenvolvimento do Negócio do ISCSP – Universidade de Lisboa constitui uma oferta forte e consolidada no mercado, ajudando os empreendedores[3] a desenvolver o seu mindset empreendedor – e com ele o seu negócio, as suas competências empreendedoras e o seu próprio estilo de vida!

*Coordenadora da Escola de Liderança e Inovação do ISCSP – Universidade de Lisboa

[1] The Future of Jobs Report (2020).
[2] Link: https://www.iscsp.ulisboa.pt/pt/cursos/formacao-avancada-e-especializada/pos-graduacoes/cursos/empreendedorismo-e-desenvolvimento-do-negocio
[3] Autónomos e os internos (que propõem um novo projeto empreendedor na sua empresa)

Comentários

Sobre o autor

Avatar

Patrícia Jardim da Palma é doutorada em Psicologia das Organizações e Empreendedorismo e Professora no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa (ISCSP- ULisboa). É coordenadora das Pós-graduações “Gestão de Recursos Humanos” e “Empreendedorismo e Inovação”... Ler Mais