Se anda há meses a dar voltas à cabeça para se tornar no seu próprio chefe, saiba o que deve fazer para começar a dar os primeiros passos no mundo do empreendedorismo.

Se mais de uma vez lhe passou pela cabeça criar a sua própria empresa ou está a planear deixar o seu emprego para se tornar num empreendedor, este artigo irá ajudá-lo a lançar-se no mundo dos negócios.

Mesmo que tenha acredito sempre que a base do seu futuro negócio é a ideia, Tomás Santoro, fundador da SumaCRM (a sua quarta empresa) e autor de um dos blogues de empreendedorismo com mais sucesso de Espanha, desmistifica o mito : “A chave não está na ideia, mas na execução da ideia. A realidade é que 99% das empresas são cópias de outras. Não faz falta ter a sua própria ideia para empreender, mas sim executá-la tão bem como os que o estão a fazer bem”.

Então, por onde podemos começar? Estes são os oito passos que o ajudarão a consegui-lo, segundo o Huffington Post:

1. Faça networking

Existem vários lugares que promovem o networking, como o Campus da Google em Madrid que, além de palestras e workshops onde pode aprender com os melhores, é um bom lugar para encontrar apoio, sugere Santoro.

2. Recorra ao departamento de antigos alunos da sua universidade

Vai surpreender-se com o que podem fazer por si. Por exemplo, a Universidade Francisco de Vitoria acaba de lançar um “viveiro” de empresas para todos aqueles que, depois de passar pelos seus cursos, estão decididos a lançar o seu próprio negócio, explica.

3. Informe-se junto das incubadoras e aceleradoras

São empresas que se dedicam a impulsionar o crescimento das start-ups em alguma das suas etapas.

4. Leia muito

Hoje em dia a Internet é uma grande fonte de dados. Tomás Santoro conta no seu blogue a sua experiência de forma transparente, partilhando todos os dados da sua empresa… inclusivamente as folhas de Excel com que trabalha!

5. Deixe por uns dias de ver séries e agarra-se a vídeos de especialistas

Ted.com, que há alguns dias apresentou as suas primeiras palestras em espanhol, partilha um sem-fim de inspiradoras palestras nas quais pode aprender muito.

6. Aposte na formação

Hoje em dia a Internet é uma enorme fonte de informação que o pode ajudar a ser autodidata. Sem dúvida, em muitos casos não é preciso mais do que inscrever-se em algum curso.

7.Siga os gurus no Twitter

Faça uma lista de empreendedores e de business angels para estar em dia com a informação que partilham e ires-se familiarizando com o mundo das start-ups.

8. Recorra às instituições públicas

Sabia que pode criar uma sociedade limitada através da internet? Informe-se também sobre as ajudas e empréstimos do Governo. Santoro conta no seu blogue como conseguiu um ENISA, um apoio financeiro para as PMEs.

Comentários