O início da start-up de venda de gelados de Natasha Case começou de uma forma inusitada. A empreendedora atribui o sucesso da Coolhaus ao crescimento do poder das mulheres nos EUA.

O negócio milionário de Natasha Case e da cofundadora Freya Estreller começou há cerca de 10 anos nas ruas de Los Angeles, Estados Unidos, com a venda de gelados numa carinha que em tempos tinha servido para a distribuição postal. Para ajudar Coolhaus a tornar-se conhecida em todo o país, assim como toda a gama de produtos da marca, a fundadora adotou um papel de liderança no projeto quase como uma “xamã dos gelados”.

O Entrepeneur conta que as cofundadoras do negócio começaram o empreendimento quando compraram uma carrinha dos correios avariada e a levaram ao emblemático festival Coachella, na Califórnia, para vender sanduíches de gelado premium. O conceito foi um sucesso quase imediato.

“Percebemos que havia uma oportunidade de reinventar e elevar a categoria dos gelados, que infelizmente não teve inovação, em marcas reais que falassem com millennials e também com as mulheres”, explicou Natasha Case àquela publicação. Aliás, as mulheres são vitais para a marca Coolhaus, que  além de ser uma empresa  fundada por mulheres, tem uma equipa com 14 líderes femininas.

A marca dá muita importância à forma como a audiência interage com o produto e o diálogo com o consumidor  é uma ferramenta importante e a sua autenticidade uma peça para o sucesso. A cidade de origem da Coolhaus, Los Angeles, também desempenha um papel importante nesse diálogo. “A marca, tal como a cidade, é boémia, expressiva, calorosa, reflete o amor e alegria da Califórnia. Reflete a personalidade das fundadoras de forma orgânica e autêntica”, afirmam as fundadoras.

Em 2016, a Coolhaus faturou 7 milhões de dólares (6,2 milhões de euros) e este ano, as empreendedoras estimam que as receitas subam até aos 15 milhões ou 17 milhões de dólares (13,3 a 17,1 milhões de euros). A empresa recebeu um financiamento de 13 milhões de dólares (11,6 milhões de euros).

Atualmente, a Coolhaus tem uma linha de 42 produtos disponíveis em 7.500 distribuidores, duas lojas próprias e carrinhas em três cidades. A empresa continua a inovar e em 2020 deverá lançar gelados em “mini-sanduíches”.

Estas empreendedoras aconselham os jovens líderes a terem paciência consigo próprios, pois também estão num processo de aprendizagem e a fazer crescer a equipa com pessoas que acreditam realmente no projeto.

Comentários