Para os entusiastas de desportos de inverno, a época do ano que mais aguardam está aberta. Conheça as cinco estâncias de esqui mais baratas na Europa.

Montes e vales cobertos de neve a perder de vista, ar puro e o calor de um sol tépido que contrasta com o tempo fresco e o céu azul. Para uns, é o pretexto ideal para manhãs sonolentas e umas horas tranquilas em frente à lareira. Para outros, é o momento que tanto ansiavam para descer encostas mais ou menos vertiginosas, em esquis ou pranchas de snowboard.

Se faz parte deste último grupo e está a fazer contas à viagem, a Holidu decidiu realizar um estudo para determinar quais as estâncias de esqui europeias que oferecem as férias mais baratas.

O portal de reservas para casas de férias avaliou os preços de todas as estâncias de esqui na Europa com mais de 20 km. Para compilar o índice de preços, calculou o preço médio por pessoa por dia, tanto na estação alta como na baixa, para o passe de esqui e para o alojamento. Conheça os cinco destinos de esqui mais económicos, segundo o portal.

1. Vasilitsa, Grécia | 36 euros (Média por pessoa por dia; passe de esqui + alojamento)
A estância de esqui europeia mais barata da lista está localizada na Grécia. Vasilitsa está localizada no norte e situa-se a uma altitude de 2249m, oferecendo 16 pistas de esqui aos seus 60 mil visitantes anuais. Os 22 km de pistas estão abertos 350 dias por ano para que todos possam desfrutar do seu  panorama no pico. Vasilitsa tem sete elevadores, incluindo elevadores de crianças, tornando a estância de esqui facilmente acessível às famílias.

 2. Gresse en Vercors, França | 38 euros
Gresse en Vercors, situada na região dos Alpes franceses, perto da cidade de Grenoble, surge em segundo lugar na lista da Holidu. Criada em 1965, a estação conta atualmente com 26 pistas de esqui (incluindo nove para principiantes) espalhadas pelos seus 20 km. A cidade oferece vistas sobre Vercors e sobre as suas montanhas.

3. Seyne – Le Grand Puy, França | 39 euros
Seyne – Le Grand Puy é uma pequena estância de esqui situada perto da fronteira montanhosa entre a França e a Itália. Com 22 km de pistas de esqui em descida e cinco elevadores de mais de 170 hectares, esta estância situa-se entre 1400 e 1800m acima do nível do mar.  Seyne – Le Grand Puy está adaptada a todos os esquiadores, com uma pista verde, duas azuis, cinco vermelhas e três pretas.

4. Autrans – La Sure, França | 39 euros
Perto da cidade francesa de Grenoble está a Autrans – La Sure, a quarta da lista dos destinos de esqui mais baratos da Europa da Holidu. Esta estância de esqui oferece 20 km de pistas dedicadas ao esqui e ao snowboard a mais de 1200 m de altitude. Os elevadores da estação (sete no total) guiam todos os visitantes para as 21 pistas acessíveis a principiantes e esquiadores avançados. A estação de esqui em redor desta área começa, geralmente, por volta do final de novembro e termina no início de abril.

5. Artouste – Laruns, França | 40 euros
“Artouste é uma estância de esqui atípica do lado francês dos Pirinéus”, refere a Holidu. Apenas 12 km separam a cidade da fronteira com Espanha. Os seus 2 mil metros de altitude sobrevoam a estância animada durante todo o ano pelos visitantes, quer venham esquiar ou apanhar o pequeno comboio amarelo que único para atravessar as montanhas. O comboio da Artouse é a principal atração da região e dá aos seus passageiros a oportunidade de ver os deslumbrantes panoramas a partir de uma boa altitude.

Vasilitsa, Grécia
Gresse en Vercors, França
Seyne – Le Grand Puy, França
Autrans – La Sure, França
Artouste – Laruns, França
Comentários