Fazer frente à Deliveroo e Uber Eats parece estar na origem da fusão anunciada entre a Takeaway e Just Eat. Ganhar escala e consolidar mercados é o objetivo.

O mercado das entregas de comida ao domicílio na Europa está ao rubro. Dois dos maiores players do mercado, a Just Eat e a Takeaway.com, anunciaram estar em “fase avançada de fusão”, um negócio que lhes permitirá ganhar escala e dimensão para concorrer com os outros grandes intervenientes neste setor: a Uber Eats e a Deliveroo.

A informação, avançada pelo Techcrunch há uns dias, voltou às páginas da imprensa internacional no início desta semana dando como certo o negócio entre a inglesa Just Eat e a holandesa Takeaway.

Ambas cotadas em bolsa, a fusão das empresas permitirá que atinjam um valor de mercado superior a 10 mil milhões de euros,  o que as transformaria na maior plataforma de entrega de alimentação do mundo. Em 2018 processaram 360 milhões encomendas, o que totalizou 7,3 mil milhões de euros. As empresas têm até 24 de agosto para obter a aprovação final dos investidores para que o acordo seja finalizado.

Já não é a primeira vez que a Takeaway.com opta por uma estratégia de aquisição/fusão de concorrentes para expandir a sua atividade face ao aumento da concorrência da Uber Eats e da Deliveroo.
O Techcrunch lembra que no ano passado, a empresa comprou a a alemã Delivery Hero por 1,1 mil milhões de dólares (991 milhões de euros).

A economia de escala é uma parte importante para a viabilidade financeira de empresas de entregas, permitindo definir rotas mais eficientes e direcionar detalhadamente os estafetas no caso das recolhas e entregas. No caso dos serviços de alimentação, isto é particularmente importante visto que é necessário manter a frescura dos alimentos. Por outro lado, uma melhor operacionalização do back-end dos serviços também representa melhorias de escala. Com uma rede maior de restaurantes e estafetas, o retorno do investimento é mais rápido.
Destas empresas, podemos encontrar no mercado nacional a Uber Eats e mais recentente a Takeaway. 

Comentários