Estão em jogo 120 mil euros em investimento e acesso à rede de especialistas METRO e Techstars, nesta nova edição do METRO Accelerator.

O METRO Accelerator e a Techstars juntam-se novamente na procura de start-ups internacionais que promovam novas soluções digitais para o setor do retalho, num programa que irá apoiar dez start-ups internacionais.

As candidaturas estão abertas até ao dia 12 de março, com 120 mil euros em investimento e acesso à rede de especialistas METRO e Techstars em cima da mesa.

Dez empresas selecionadas entre vários países serão apoiadas por mentores no processo de desenvolvimento das suas inovações. O processo de seleção inclui entrevistas telefónicas e reuniões presenciais com um júri experiente de investidores e mentores.

O programa pretende apoiar start-ups a nível mundial para desenvolverem serviços baseados em tecnologia que vise acelerar processos de negócios, contando com a apresentação prevista para dia 2 de fevereiro, em Lisboa, na Beta-i.

O METRO Accelerator baseia-se num programa de três meses em Berlim, com início em junho de 2017.

Através de iniciativas como o programa Accelerator, o Grupo METRO procura expandir sistematicamente a liderança em inovação, que vem a ser desenvolvida ao longo de vários anos. A empresa oferece a sua plataforma para as start-ups testarem técnicas inovadoras, nesta edição dedicada ao setor do retalho.

A Makro, filial portuguesa do grupo alemão Metro, é uma empresa líder na distribuição grossista, que vende na sua maioria produtos alimentares e não alimentares. Presente em Portugal desde 1989, faturou 345 milhões de euros no ano fiscal 2015/2016.

 

Comentários