A comunidade Menos Hub renovou-se e deu lugar à Impulso. O projeto Expansão é o seu mais recente lançamento.

A comunidade Menos Hub – promotora do movimento #compraaospequenos – mudou designação para Impulso e lançou o projeto “Expansão”, disponível através de subscrição mensal ou anual. Trata-se de uma iniciativa para apoiar empreendedores e pequenos negócios no seu processo de crescimento. Através de quatro áreas específicas – especialistas, parceiros, conteúdo e visibilidade -, a iniciativa baseia-se numa plataforma digital que os empreendedores e negócios podem subscrever e através da qual podem usufruir de uma série de serviços, conteúdos e ferramentas com utilidade para o desenvolvimento dos seus projetos.

Deste modo, a agora designada Impulso, oferece acesso a uma rede de parceiros onde constam nomes como que DPD, Staples, Mygon, E-goi, Weasy, Duplix, LACS, Fixando ou Porto.io, e de especialistas, assim como a conteúdo técnico exclusivo e oportunidades de visibilidade.

A rede de especialistas é constituída por profissionais em áreas técnicas críticas para os pequenos negócios que disponibilizam assim os seus produtos e serviços com descontos e/ou ofertas exclusivas a subscritores. A área de conteúdos e eventos da nova plataforma permite ainda o acesso a conteúdos com temáticas pertinentes e eventos exclusivos – masterclasses, workshops, entre outros.

João Duarte, cofundador da Impulso, frisou que “os efeitos da pandemia da Covid-19 estão a ser profundamente marcantes para as empresas em quase todos os setores e que o desemprego está a aumentar e muitos pequenos negócios correm risco de vida. A sobrevivência dos pequenos negócios, que correspondem a mais de 90% das empresas em Portugal, está em jogo e a Expansão surge como uma solução de apoio – não só para os pequenos negócios se tornarem mais competitivos, mas, acima de tudo, para poderem reduzir as despesas”.

Recorde-se que o Menos Hub, agora Impulso, nasceu em 2014 como um projeto que pretendia trazer uma solução alternativa para o desemprego e que ao longo do tempo foi criando uma noção de comunidade, visão que ganhou mais força com a criação do movimento #compraaospequenos.

Comentários