Marca portuguesa cria mala com 136 anos de garantia que representa desigualdade salarial

A nova edição especial da Ownever foi inspirada na desigualdade salarial entre homens e mulheres e oferece uma garantia até ao ano de 2157.

Segundo o último Relatório Global do Fórum Económico Mundial, apenas no ano 2157 haverá igualdade de género. Com base nesta previsão, a Ownever, marca de luxo portuguesa, lançou uma mala com 136 anos de garantia – o tempo que falta até atingirmos a igualdade salarial entre homens e mulheres. A edição especial já está disponível.

Apenas a geração de mulheres que está para nascer irá presenciar a igualdade de género. O impacto da pandemia adicionou 36 anos extra aos já 99,5 necessários para diminuir a desigualdade entre géneros, explica a marca em comunicado, referindo que “esta desigualdade engloba a desigualdade salarial, na saúde, no poder político, na participação económica, na educação, na saúde e sobrevivência”.

Eliana Barros, fundadora da marca, afirma no dia em que se assinala o Dia Europeu da Igualdade Salarial que “somos uma marca criada por mulheres para mulheres e depois de ler este relatório [do Fórum Económico Mundial], e olhando por exemplo para a desigualdade salarial, não poderia ficar indiferente. Durante a pandemia as mulheres perderam anos de igualdade em relação aos homens, criando uma fenda de desigualdade ainda maior.”

Edição Especial – 2157 é criada à mão em Portugal e segue práticas éticas e sustentáveis. De cor preta e em estilo tote bag, a mala é feita de bioleather, um couro com origem vegetal e biodegradável, e está disponível exclusivamente no site da marca, por encomenda, pelo preço de 395 euros.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados