Uma consultora de análise de dados da Malásia e uma empresa de ecommerce do Irão acabam de ser incubadas na IPStartUp, do Politécnico de Setúbal.

A incubadora de ideias de negócio do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), a IPStartUp, já recebeu mais de 40 candidaturas de projetos empresariais estrangeiros.

Desde o seu lançamento há um ano, a IpStartUp tem vindo a acolher projetos não só nacionais, como também internacionais. A prova disso são os mais recentes projetos que acabam de chegar ao espaço: a consultora de análise de dados Data Corner, vinda da Malásia; e o projeto de negócio na área do e-commerce, como origem no Irão, ainda em desenvolvimento.

Os dois projetos estão sediados no campus de Setúbal do IPS e beneficiam das vantagens de uma estrutura que faz a ponte entre os mundos académico e empresarial.

A IPStartUp apresenta como traço distintivo “a integração com o ecossistema de investigação e inovação da instituição, interligando docentes, estudantes e alumni, o que proporciona uma rede de alto valor acrescentado”, considera a sua coordenadora, Sandra Pinto, acrescentando que a proximidade e os acordos de parceria com várias organizações da região são outras das vantagens oferecidas, “permitindo que os empreendedores acedam a atores que, de outra forma, dificilmente acederiam, em tão pouco tempo”.

Para Vala Ali Rohani, fundador da Data Corner, “Setúbal foi a escolha óbvia entre as cinco incubadoras nacionais que demonstraram interesse no seu projeto. Sobretudo pelo “ambiente académico” em que está inserida e no qual o também investigador se sentiria naturalmente em casa, mas também por ser uma região de forte tecido industrial. “Percebi que era uma grande oportunidade de ter a colaboração do ensino superior e também da indústria”, lembra o empreendedor.

Desde 1 de maio de 2019, data oficial do registo, a consultora já angariou dois importantes clientes, tornou-se membro oficial da rede europeia EEN – Enterprise Europe Network, e planeia, ao longo de 2020, contratar dois colaboradores a tempo inteiro entre os estudantes do IPS que acolheu para estágio.

Comentários