São três concursos públicos internacionais e visam encontrar investidores interessados na recuperação de vários imóveis através do modelo de concessão.

O Programa REVIVE tem a decorrer três novos concursos públicos internacionais que visam a recuperação de vários imóveis de reconhecido interesse com vista à realização de obras, incluindo de infraestruturas, e posterior exploração para fins turísticos como estabelecimento hoteleiro, estabelecimento de alojamento local na modalidade de estabelecimento de hospedagem, ou outro projeto com vocação turística. Em causa está o modelo de concessão por 50 anos.

Um deles é o Paço Real de Caxias (Oeiras), classificado como imóvel de interesse público construído em meados do século XVII, por iniciativa do Infante D. Francisco de Bragança. Tem uma área total de construção de 5.816,93 m², e uma renda mínima anual de 174.912,00 euros.  O prazo de apresentação de propostas termina no dia 21 setembro.

Outra das propostas a concurso, e cujo prazo para apresentação de propostas termina a 20 outubro, é a Casa Grande (Pinhel). Trata-se de um imóvel histórico que, inicialmente, pertenceu à família Antas e Menezes, que na época detinha a alcaidaria-mor da vila. Tal como no anterior, a duração da concessão do imóvel é de 50 anos. A área total de construção ronda os 1.717,40 m²​e a renda mínima é na ordem dos 5.869,57 euros.

Por último, e neste caso com a possibilidade de apresentação de propostas até 18 de novembro, a 7.ª Bateria do Outão (Setúbal). Está localizado na encosta da Serra da Arrábida e era o sétimo reduto de defesa da costa marítima portuguesa, dando proteção à foz do rio Sado e reforçando o poder de fogo das 6.ª e 8.ª baterias.  Com uma área de construção de 6.909 m², a renda mínima anual da concessão é de 130.987,32 euros.

O programa REVIVE, recorde-se, é uma iniciativa conjunta dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças, com a colaboração das autarquias locais e a coordenação do Turismo de Portugal.

Resumo:
Área: Imobiliário
Produto: Imóveis de interesse público
Mercado: Nacional e Internacional
Necessidade: Concessão
Contacto: Plataforma REVIVE

Comentários