Falar bem em público: dicas para superar este desafio

Falar em público é normalmente uma das principais dificuldades para a maioria das pessoas. Algumas acabam mesmo por comprometer situações  importantes. Saiba como contornar os obstáculos e ser um melhor orador.

A capacidade para falar em público pode abrir portas, mas também pode fechá-las. Por exemplo, se o seu trabalho consiste em trabalhar diretamente com o público, uma má impressão poderá custar-lhe um novo contrato ou até uma venda valiosa.

Ao integrar uma nova equipa de trabalho, é igualmente importante que a primeira impressão seja a melhor. Veja como se pode tornar num melhor comunicador, seguindo estas cinco estratégias da Hotmart.

1. Recorrer ao storytelling
Contar histórias faz parte da nossa natureza e é uma forma de captar rapidamente a atenção de todos. Não é necessário inventar uma obra de ficção sempre que se fala, mas pode-se utilizar o storytelling de uma forma simples para cativar o público. Recorrer a situações que lhe tenham acontecido ou que conheça como exemplos para ilustrar o seu discurso é sempre uma mais-valia. Assim, ligando as histórias ao seu objetivo, mais facilmente a experiência será recordada no futuro pelos seus ouvintes.

2. Praticar o discurso previamente
Um dos maiores problemas com que as pessoas que têm dificuldades em falar em público se deparam é a insegurança. Por esse motivo, dedicar tempo a preparar o seu discurso e a praticar cada fala é a melhor forma de ganhar a confiança necessária para abordar uma audiência.

É, assim, fundamental tirar total proveito das ocasiões em que pode ter o seu discurso preparado antes do momento do evento, maximizando as suas hipóteses de sucesso.

3. Respirar fundo e controlar o ritmo
Alguns aspetos do discurso influenciam diretamente a apresentação pública, especialmente no que respeita à entoação. Uptalk – caso em que as frases declarativas parecem perguntas – e vocal fry – quando a voz soa baixa e áspera, particularmente no final das frases – são os dois grandes fenómenos que costumam afetar a expressão falada nos momentos de maior nervosismo.

Para os evitar, o melhor é respirar fundo, mantendo esse efeito até ao fim das frases. Assim será possível preservar suficiente ritmo para que não perca a entoação durante o discurso.

4. Reduzir os níveis de stress
O stress está sempre à espreita quando falamos em público. Além da pressão sentida, o inesperado pode acontecer – atrasos, problemas técnicos, entre outros –, o que contribui para o aumento da ansiedade. Evidentemente, certas situações estão completamente fora do nosso controlo.

No entanto, atitudes como chegar mais cedo à apresentação, caminhar pelo palco ou local onde o discurso terá lugar, falar com o público antes do evento podem ajudar bastante. Isto fará com que se sinta mais “em casa”, ultrapassando a ideia de uma audiência completamente desconhecida e reduzindo, consequentemente, os seus níveis de stress.

5. Estar atento à postura
Um dos fatores que mais influenciam a confiança e, consequentemente, a qualidade da apresentação em público é a postura corporal. Além dos conteúdos interessantes e boas capacidades oratórias, o nosso corpo sugere muito sobre a nossa visão. Dependendo do que pretende dizer aos seus ouvintes, a adoção da linguagem corporal correta pode fazer toda a diferença nos seus objetivos.

Em geral, mantenha o seu corpo direito, prestando atenção aos seus gestos e articulando as palavras com calma e autoridade. A partir destes pormenores, transmitirá uma mensagem de confiança e autoridade ao seu público que, por conseguinte, ouvirá o seu discurso com muito mais atenção e abertura aos seus argumentos.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados