Facebook: três ferramentas que provavelmente não conhece e devia utilizar no seu negócio

Descubra três ferramentas que o vão ajudar a impulsionar o seu negócio, recorrendo à rede social mais utilizada do mundo.

O Facebook disponibiliza centenas de ferramentas na sua plataforma com o intuito de ajudar as páginas de negócios a terem mais visibilidade. É, no entanto, praticamente impossível conhecer todas as funcionalidades.

Antes de avançar para a lista, se ainda não atualizou a página do seu negócio online aqui ficam algumas estatísticas que o podem ajudar a finalmente investir mais tempo nesta rede social:

– Em março de 2017 houve quase dois mil milhões de utilizadores ativos. Por outros números, uma a cada quatro pessoas estiveram online na rede social neste mês.

-O número de utilizadores cresceu 18% em março em relação ao período do ano passado.

-Há 307 milhões de europeus conectados ao Facebook.

-42% dos “marketeers” referem que esta rede social é crucial para o seu negócio.

-71% dos compradores acreditam que conseguem melhores preços online do que em lojas físicas.

Dito isto, aqui ficam as três ferramentas que provavelmente não conhece e que o vão ajudar a otimizar o seu negócio:

1. Estatísticas da audiência

Localizada dentro do gestor de anúncios do Facebook, esta ferramenta grátis é crucial para alavancar o seu negócio. Informações como a localização, dados demográficos e a regularidade com que o seu público faz compras online são facilmente alcançáveis, se utilizar este instrumento. Ao tornar-se mais preciso sobre o seu público-alvo, não só vai poupar bastante tempo de pesquisa, como também vai poupar dinheiro – por saber exatamente a quem “mostrar” os seus anúncios – e angariar um número maior de possíveis clientes.

2. As novas funcionalidades dos anúncios do Facebook

A plataforma de anúncios incorporada pelo Facebook está em constante atualização, oferecendo cada vez mais opções. As mais recentes são os anúncios do “messenger” – a plataforma mobile de mensagens da rede social – e a publicidade nos vídeos e nos diretos (ou “livestreams”).

Anúncios no “messenger”: Ao interagir com o seu anúncio publicitado no “feed” de notícias, o utilizador vai abrir, imediatamente, uma conversa com a sua página. Este utensílio permite interagir com o cliente em tempo real e numa conversa pessoal.

Anúncios em vídeos e diretos: Esta é uma ferramenta recente que permitirá publicar anúncios entre 5 a 15 segundos em “livestreams” e vídeos normais. Uma oportunidade de ouro para dar a conhecer a sua marca ao público através de um vídeo curto. Segundo o Facebook “quanto mais depressa o seu anúncio de vídeo passar a sua mensagem e chamar a atenção, maior será a probabilidade de as pessoas se lembrarem do que veem”. Dados de janeiro de 2016 divulgados pela rede social mostram que são diariamente visualizadas mais de 100 milhões de horas de vídeo na plataforma.

3. Tornar os “livestreams” do Facebook mais rentáveis

As transmissões em direto na rede social mais utilizada do mundo tornaram-se numa ferramenta bastante utilizada tanto por utilizadores como por páginas que pretendem expor os seus produtos ou marcas. É, no entanto, complicado para as páginas que querem ter mais visibilidade escolher a hora ideal para começar o seu direto, na medida em que os utilizadores só são notificados que a transmissão começou quando esta entra “no ar”.

Para contrariar este problema, as páginas profissionais têm agora a possibilidade de agendar os seus diretos. Após feito o agendamento, os seguidores são notificados e ficam a saber a hora exata em que vai ser feita a “livestream”. Esta ferramenta é ideal para negócios que ainda estão numa fase embrionária e não têm fundos para investir em anúncios pagos.

Apesar de simples, estas três ferramentas podem impulsionar o seu negócio e ajudá-lo a atingir resultados que nunca pensou ter.

 

Comentários

Artigos Relacionados

João César das Neves_opinião
Alexandre Meireles, presidente da ANJE