Mundialmente conhecido como o maior campus para start-ups, a Station F de Paris recebe 3000 espaços de trabalho para empresas tecnológicas das mais diversas áreas de atuação.

Sheryl Sandberg, COO do Facebook, anunciou esta manhã em Paris que o Facebook será um dos parceiros de lançamento da Station F.

O Facebook contará com 80 mesas num espaço junto à entrada da Station F, a partir de abril próximo.

A empresa irá trabalhar com 10 a 15 start-ups em cada seis meses, de forma a dar-lhes toda a ajuda possível. Simularão ser engenheiros do Facebook e contarão com workshops semanais, para que aprendam o máximo possível com a empresa.

Já foram anunciadas algumas das primeiras start-ups que integrarão o programa, nomeadamente a Chekk, Mapstr, The Fabulous, OneClub e o Karos. Tratam-se das primeiras de muitas mais, ou não fossem os 32 milhões mensais de utilizadores do Facebook um excelente atrativo para umas quantas start-ups.

Qualquer start-up poderá alugar um espaço de trabalho na Station F por 195 euros mensais por mesa.

O bilionário francês Xavier Niel referiu que “falamos muito com este ecossistema e foram muitas as empresas que decidiram ajudar-nos. O Facebook foi o primeiro a querer fazer parte desta boa ideia.”

Xavier Niel fundou a empresa de telecominações Free, tendo investido numa série de start-ups relacionadas com a área, como a Kima Ventures, que investe em estádios iniciais de start-ups, ou como a escola de código gratuita, a Ecole 42.

Niel está a financiar pessoalmente a Staion F, em conjunto com Roxanne Varza, a líder do projeto.

Comentários