O estudo utilizou uma paixão comum de pai e filho para representar a possibilidade de transformar hobbies em negócios reais que podem criar carreiras profissionais.

A paixão por carros telecomandados de um pai e um filho que se transformou num negócio. Foi a partir deste caso que foi desenvolvido o estudo português distinguido com o prémio “That’s promising” pela Strategic Management Society (SMS), uma das associações académicas mais importantes na área de estratégia.

Todos temos hobbies. O foco do estudo é perceber como conseguimos transformar as atividades que desenvolvemos no tempo livre em negócios lucrativos que nos permitam desenvolver uma carreira profissional, tal como o pai e o filho que começaram a construir carros telecomandados numa garagem. Neste caso, a atividade foi transformada por estes empreendedores num nicho de mercado que, desde que foi criado, apontou os seus esforços para um mercado global graças ao impulso das plataformas digitais.

Miguel Pina e Cunha, da Nova SBE e um dos quatro investigadores que levaram a cabo este estudo, acredita que “este caso mostra que a garagem pode ser um local onde o empreendedorismo floresce. O estudo também revela que as ideias para novos negócios e o próprio processo empreendedor podem ser radicalmente transformados pelas novas tecnologias digitais”. Acrescentou ainda que o grande desafio para este tipo de projetos passa pela capacidade de escalar os negócios, sendo este o próximo passo do estudo.

Stewart Clegg, também da Nova SBE, Arménio Rego, da Católica Porto Business School, e Luca Giustianiano, da LUISS Guido Carli University, foram os três outros investigadores envolvidos nesta análise. O prémio foi entregue durante a conferência especial da SMS, que decorreu recentemente, em Hyderabad, na Índia.

Está a pensar, tal como o pai e o filho que serviram de exemplo neste estudo, em transformar o seu hobby num negócio? Leia “12 passos a dar antes de se despedir e começar uma start-up”.

Comentários

Sobre o autor

Avatar