A ver: Empresas

Mário Ceitil, presidente da Associação Portuguesa de Gestão das Pessoas

Desde os “idos” de 1980, época em que os robôs começaram a ser introduzidos nas grandes empresas industriais para realizarem tarefas “únicas e pesadas, como soldagem, pintura a spray ou montagem”, os progressos da robótica e da Inteligência Artificial têm vindo a registar um tal desenvolvimento e aceleração que as…
Carlos Sezões, coordenador da Plataforma Portugal Agora

“A melhor forma de prever o futuro é criá-lo”- Alan Kay. Todos concordaremos que, no mundo do trabalho, os conhecimentos e competências do presente não são iguais aos do passado. E serão diferentes do futuro. A grande questão, explorada por sociólogos e tecnólogos, é que o tempo acelerou, pautado pelo…

Vivemos tempos onde tudo parece mais rápido, a ficção científica rapidamente se transforma em facto científico, novos serviços e novos dispositivos entram no mercado todos os dias, a competição é permanente! Este movimento de transformação e inovação parece imparável, estando a transformar a nossa sociedade e a forma como esta…
José Pedro Freitas, presidente da ANJE

Um dos grandes problemas do nosso ecossistema empreendedor é a morte prematura de start-ups, situação que impede o país de beneficiar do potencial de riqueza, emprego e exportações de muitas empresas, designadamente tecnológicas. Em Portugal, cerca de uma em cada três start-ups (32%) encerra ao fim de um ano. E…
Pedro Celeste, diretor-geral da PC&A

Sem pretender ser futurista na análise de algumas tendências que afetam a atividade de marketing das empresas e que, consequentemente influenciarão o comportamento e ação dos consumidores, parece senso comum que o desenvolvimento da tecnologia irá dominar os mercados nos próximos anos. É o caso da ascensão das comunicações em…
Pedro Cilínio, diretor da DIN*

O Estado disponibiliza instrumentos de incentivo para que as empresas invistam em ativos que as tornem mais inovadoras e competitivas. A procura da inovação representa para as empresas a obtenção de vantagens competitivas sustentáveis. Essa inovação pode existir ao nível da oferta de produtos ou serviços novos, com melhor desempenho…
Luís Madureira, partner da ÜBERBRANDS

Este artigo é inspirado num post do Rodolfo Cardoso sobre o que não deve ser feito online relativamente à partilha de informação (Fake News) de forma "automática", e no seguinte comentário da Susana Coerver: #FakeYou se te ficas pelas gordas”. Como se não bastasse a enorme quantidade de dados e…
Ricardo Tomé, diretor-coordenador da Media Capital Digital

Virámos o ano e simultaneamente a década. Tempo de balanços e listas de resoluções. Na web somam-se várias previsões do que mudará no mundo. Mas o meu convite é para que se volte para dentro de si. Nesta década não pense nos outros e não pense nas coisas. Pense em…
Miguel Henriques, vice-presidente do Clube de Business Angels de Lisboa

Greta Thunberg foi eleita a figura do ano de 2019 por várias publicações internacionais. Zangada, mas não violenta, esta rapariga de 16 anos acabados de fazer representa uma geração que se interroga sobre o legado que os mais velhos (que ela cresceu a respeitar) lhes vai deixar. Uma geração que…
Carlos Rocha, administrador do Banco de Cabo Verde

Passado, ou quase, o primeiro mês do ano e da década, certamente os desejos já foram todos feitos e as prendas trocadas. Inclusive os reis magos também já entregaram as três prendas ao menino Jesus, como relatam os escritos no livro de São Mateus: “E, entrando na casa, acharam o…
Eugénio Viassa Monteiro, professor da AESE-Business School

O conceito “Revolução Verde” veio do México, pela mão do agrónomo Norman Borlaug, Prémio Nobel da Paz, em 1970. Dedicou a sua vida a aumentar a produção de alimentos vegetais, sobretudo de cereais (trigo e arroz), por via da seleção das variedades mais produtivas e resistentes aos excessos de calor…
1 2 3 108