Empresas europeias estão a melhorar sustentabilidade, segundo o Eurobarómetro

As pequenas e médias empresas da União Europeia já desenvolveram ações relevantes para fazer a transição para uma maior sustentabilidade ambiental. A conclusão é da edição de 2022 do Eurobarómetro.

A edição deste ano do Eurobarómetro relativo a PME, à eficiência de recursos e mercados verdes, revela que 89% das PME realizam pelo menos uma das ações listadas na pesquisa para se tornarem mais eficientes em termos de recursos. Por exemplo, usaram predominantemente energia renovável, reciclando ou minimizando resíduos. A par disto 24% das PME europeias já têm um plano concreto para reduzir a pegada de carbono, enquanto 32% afirmou já ter produtos verdes na sua oferta.

Comparativamente a 2018, este barómetro mostra que as PME já estão a implementar ações significativas para fazer a transição de suas operações comerciais para a sustentabilidade ambiental e a melhorar o seu comportamento em várias frentes.

E quais as medidas de apoio que mais valorizam? O Eurobarómetro destaca que 36% das PME referiu o apoio financeiro através de subvenções ou subsídios, enquanto 26% apontou uma melhor cooperação entre empresas de diferentes setores para que novos processos de reaproveitamento de resíduos e subprodutos possam ser desenvolvidos.

O barómetro lembra ainda que a União Europeia conta com cerca de 23 milhões de PME, que representam mais de metade do PIB da Europa, responsáveis por empregar perto de 100 milhões de pessoas. A participação destas empresas nas emissões globais ronda os 63% de todas as emissões de CO2 das empresas.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados