Draper Startup House faz parceria com o IDEA Spaces e regressa a Lisboa

A Draper Startup House reentrou no mercado português com uma nova localização em Lisboa, fruto de uma parceria com a rede de espaços de cowork IDEA Spaces.

Depois de ter encerrado portas devido à pandemia, a Draper Startup House, um ecossistema empresarial global presente em mais de 20 cidades em todo o mundo, regressou à capital portuguesa – garantindo maior proximidade e acompanhamento às start-ups e aos empreendedores nacionais -, através de uma parceria com a rede de espaços de cowork IDEA Spaces, com uma nova localização em Lisboa, concretamente no Palácio Sotto Mayor.

Este regresso traz novos horizontes à Draper Startup, nomeadamente a possibilidade de aplicar 24 fundos globais da Draper Venture Network ou o micro-fundo Draper Startup House de 10 milhões de euros (onde os investimentos se centram em tickets de 50K-100K para early stage start-ups), iniciando os cursos da Draper Academy e fazendo a ligação do ecossistema português com Silicon Valley e uma vasta rede de empreendedores e investidores de todo o mundo, refere a empresa em comunicado.

“Para a Draper Startup House seria impensável abandonar Portugal. O mercado nacional está a crescer rapidamente, está a cativar empreendedores com grande potencial, atrai cada vez mais nómadas digitais, além da forte aposta política para que o ecossistema empreendedor possa ser cada vez mais promissor. Esta é “a nossa praia” e estamos certos de que podemos ser mais um promotor desse crescimento”, referiu Henrique Pereira, cofundador da Draper Startup House Portugal.

A Draper Startup House, refira-se, tem na sua origem o conceito “Tribe Theory” que faz com que em cada uma das cidades em que está presente haja um espaço de trabalho preparado para dar resposta às necessidades de fundadores de start-ups, nómadas digitais e outros trabalhadores remotos.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados