Dott prepara-se para lançar nova geração de scooters e bicicletas elétricas

A Dott vai receber uma ronda de financiamento de Série A no valor de 34 milhões de dólares (30 milhões euros). A start-up está a adotar uma abordagem cuidadosa face ao seu crescimento, com o objetivo de construir a sua reputação e um serviço sustentável.

O investimento será usado para lançar dois novos modelos de e-scooters com baterias intercambiáveis – que prolongarão a vida útil das scooters -, além de biciletas elétricas nos próximos meses.

Entre os fundos investidores da ronda de financiamento da Dott estão a EQT Ventures, a Naspers, a Axel Springer Digital Ventures, a DN Capital, a Felix Capital e a FJ Labs U-Start Club. De salientar que a empresa de trotinetes já tinha recebido um financiamento anterior no valor 23 milhões dólares (20 milhões de euros) da EQT Ventures, Naspers e outras.

Muitas start-ups de scooters têm em marcha uma estratégia de expansão agressiva em dezenas de cidades europeias. Habitualmente essas empresas compram centenas de trotinetes, distribuem-nas nas ruas e não fazem planos de gestão a longo prazo. A Dott adotou uma postura diferente.

A empresa trabalha com os governos locais para obter aprovação de funcionamento. Em seguida, lança uma frota de trotinetes, tendo em conta a dimensão da cidade. Atualmente podemos encontrar a Dott em Bruxelas, Paris, Lyon e Milão, e entre 1.000 a 2.500 trotinetes por cidade, avança o TechCrunch.

A start-up tem os seus próprios equipamentos para carregar e reparar veículos. Além disso, contrata funcionários em tempo integral e trabalha com fornecedores de logística externos.

Recentemente a empresa passou a disponibilizar o seu serviço com cobertura de seguro, sem custos extra para os clientes, em países como a França e Bélgica.

 

Comentários

Artigos Relacionados