A UNWTO Global Startup Competition distinguiu 25 start-ups de 18 países e Portugal está representado pela Defined Crowd e pela Siliconbali.

A DefinedCrowd, tecnológica de ADN português, mas sedeada no Estados Unidos, e a Siliconbali estão na lista das 25 vencedoras, de 18 países, da UNWTO SDGs Global Startup Competition. Trata-se de uma competição internacional apoiada pela Rede de Inovação das Nações Unidas, que distingue start-ups de todo o mundo que têm sido reconhecidas pelas suas contribuições únicas para o turismo sustentável e responsável.

A DefinedCrowd distinguiu-se no ODS9 relacionado com Indústria, Inovação e Infraestruturas e a Siliconbali no ODS 17- Parcerias para os objetivos.

Este ano o concurso atraiu cerca de 10 mil propostas iniciais e destas o júri escolheu 25 vencedores, destacando a variedade de talentos turísticos em todas as regiões globais e a sua capacidade generalizada de contribuir para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Os finalistas pré-selecionados foram avaliados de acordo com critérios que incluíam o potencial das start-ups para contribuir para um Objetivo específico, a sua capacidade de ser dimensionado e a maturidade tanto do produto como da equipa por trás dele.

As start-ups vencedoras receberão apoio especializado através de programas da Amadeus, Google, IE University e FarCo, e sessões de mentoria personalizadas da Mastercard e da ClarkeModet. Também poderão participar num evento de pitch que será organizado pela Wakalua, no âmbito da Feira Internacional de Turismo de Espanha (FITUR), assim como no Tourism Tech Adventures Forum, que terá lugar no Qatar.

Comentários