Compras de Natal online lideram preferências por serem mais baratas

Fazer as compras de Natal online faz parte do plano de intenções de grande parte dos consumidores  portugueses. Os sites internacionais agregadores e os sites das marcas dominam as preferências.

O facto de as compras online serem mais baratas é um dos motivos para que 70% dos consumidores nacionais opte pelo ecommerce quando se trata de adquirir os presentes de Natal. De acordo com pesquisa efetuada pela Cetelem Natal, a pandemia (e os confinamentos), causaram alterações nos hábitos de compra dos consumidores que se renderam ao conforto da casa para fazer as suas compras. Questões de segurança, associadas à comodidade e variedade dos produtos são apontados como fatores na base do aumento do ecommerce.

A pesquisa mostra que este ano aumentou a intenção de fazer as compras de Natal online – 17% em 2021 versus os 10% registados em 2020. São os jovens (32%) que manifestam mais essa intenção, bem como os inquiridos residentes na zona do Porto, com 33%.

O facto de as compras online serem mais baratas do que nas lojas físicas (70%), a rapidez e a comodidade (63%), são apontados como motivos para a preferência do ecommerce.

48% dos portugueses referiram que compram online porque procuram um produto fora de Portugal, enquanto 42% justifica a opção pela falta de tempo livre para se deslocar às lojas, e 26% alegaram que ainda não se sentiam seguros nas lojas físicas.

Regra geral, as compras de Natal são efetuadas, sobretudo, em marketplaces internacionais (60%), sites de marcas (55%), ou em sites agregadores/marketplaces de lojas em Portugal (32%).

No top 5 dos produtos que os inquiridos procuram comprar online este Natal estão o vestuário e acessórios de moda (69%); os produtos culturais – livros, bilhetes, etc. – (58%); perfumes, maquilhagem e kits de bem-estar (37%); brinquedos (35%); e relógios, joias ou canetas de marca (9%).Os inquiridos tencionam gastar em média 115 euros – um aumento de 5% face a 2020.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados