Se pensa que o WhatsApp só lhe permite enviar mensagens de texto ou imagem, engana-se. Há uma start-up que vende bilhetes de avião através desta rede social e que está a dar que falar.

Comprar um bilhete de avião em tempo real, utilizando unicamente uma aplicação de mensagens instantâneas como o WhatsApp, o Facebook Messenger ou o Telegram. É esta a proposta da correYvuela, uma start-up espanhola que, em apenas um mês, levantou mais de 750 mil euros de Business Angels, de um fundo de investimento e da Segittur, sociedade estatal espanhola que tem atividades dedicadas à gestão da inovação e tecnologias turísticas, e convenceu 15 mil utilizadores a reservarem o seu próximo voo da forma mais simples possível.

Para o conseguir, a empresa lançou um chatbot que procura, na Internet, a oferta de voos mais económicos, em função do destino e da data solicitada.

Para começar a “trabalhar” com este bot, os utilizadores têm apenas que juntar a correYvuela aos seus contactos telefónicos e seguir as instruções que encontrarão na página web da empresa. De seguida, bastará um simples “Olá” para começar uma conversação que deverá terminar na reserva de um bilhete de avião.

O programa informático sugere ao viajante uma rota, a partir de uma janela na qual o utilizador completa a informação sobre a cidade de origem, o destino do voo, o número de passageiros, as datas da viagem, etc. Se o utilizador estiver interessado na proposta, responde com “ok” e o programa envia-lhe um link para poder realizar o pagamento com segurança.

Mas o objetivo da start-up é conseguir dar mais um passo e, no futuro, poder “acompanhar o utilizador em toda a sua viagem”, explicou o conselheiro delegado e cofundador da CorreYvuela, Juan Prim.

A utilização da correYvuela é totalmente gratuita. O utilizador apenas paga o valor dos bilhetes de avião que reservar.

Comentários