Climate-KIC Accelerator prepara-se para a 3.ª edição

O BGI acaba de lançar a terceira edição do Climate-Kic Accelerator. As inscrições começaram ontem e decorrem até 3 de abril.

O programa de aceleração dedicado essencialmente às questões ambientais vai selecionar start-ups que atuem numa das seguintes áreas: transações urbanas; sistemas de produção sustentáveis; métricas de decisão e finanças; uso sustentável da terra.

As start-ups podem candidatar-se à fase 1, 2 ou 3. A primeira fase do programa de aceleração destina-se a apoiar as empresas em early-stage na definição e desenvolvimento da sua proposta de venda e no modelo de negócio. Nesta fase, pode ser finalizado o primeiro protótipo e podem obter apoio para conseguirem feedback da indústria. Esta etapa pode, ainda, permitir o acesso a start-ups mais maduras e em fase mais avançadas do programa, assim como a coaching de especialistas, mentoring e workshops e à rede de contactos  e eventos do a Climate-KIC European .

A segunda etapa do Acelerador ajuda as start-ups com um modelo de negócios bem formulado a seguirem para a próxima fase: validação e aquisição de clientes. As equipas, agora, podem concentrar-se na aquisição dos seus primeiros clientes e no processo de validação do modelo de negócios, enquanto recebem apoio contínuo de treinadores e mentores especializados e participam nas atividades e workshops do programa.

A terceira, e última fase, do Acelerador prepara as empresas para rondas de investimento. Mais uma vez, as equipas recebem acesso contínuo a eventos, treino orientação e workshops. Nesta fase do programa as start-ups são apoiadas na preparação para negociações com potenciais investidores e parceiros e podem aceder aos contatos da rede BGI e Climate KIC. O financiamento do Climate-Kic Accelerator vai dos 25 mil aos 50 mil euros.

Comentários

Artigos Relacionados