Casa de Impacto arranca com nova edição do fundo +Plus e tem 500 mil euros para investir

Já estão abertas as candidaturas para a 3ª edição do +Plus. O programa de investimento da Casa do Impacto tem 500 mil euros para soluções em fase de implementação ou já implementadas. As candidaturas decorrem até 30 de novembro.

A Casa do Impacto tem 500 mil euros para investir em projetos de impacto ambiental e social. As candidaturas para a 3.ª edição do fundo +Plus decorrem até 30 de novembro.

“O +Plus revelou ser uma ferramenta de investimento fundamental para os projetos de impacto conseguirem dar os primeiros passos ou escalarem os seus negócios. Para além do apoio financeiro, através de um mecanismo de pagamento por resultados, os projetos investidos têm acesso a acompanhamento não-financeiro e a um hub que nos últimos anos reuniu todas as condições para terem sucesso no ecossistema de impacto”, afirma Inês Sequeira, diretora da Casa do Impacto da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, citada em comunicado.

Na terceira edição, metade do orçamento do fundo será para soluções de impacto ambiental e outros 50%, ou seja, 250 mil euros para soluções inovadoras de impacto social.

Os interessados podem candidatar-se à vertente de +Testing, visando start-ups numa fase early stage que ainda não tenham ou estejam em processo de implementar as suas soluções. “É importante que consigam mostrar que produzem impacto e que o modelo de negócio pode ser ajustado durante o programa”, explica a Casa do Impacto, referindo que será concedido um montante de até 50 mil euros — ou de +Scaling. A esta última devem candidatar-se projetos já implementados e com tração no mercado que precisem de até 100 mil euros para escalar, aumentar o seu impacto comprovado e expandir para outras geografias ou públicos.

Para além do apoio financeiro, realizado por parcelas mediante a apresentação de resultados ao longo de dois anos, o programa também oferece apoio não financeiro, como “acompanhamento individualizado pela equipa da Casa do Impacto, experts e parceiros, para a implementação no mercado, escalabilidade e demonstração do impacto”.

As candidaturas decorrem até 30 de novembro no site da Casa de Impacto. Os pré-selecionados passam para uma fase de bootcamp (dois dias) e depois para a fase final onde fazem o pitch perante um painel de jurados, a acontecer em janeiro de 2023.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados