Cabify lança serviço de táxi aéreo em São Paulo, numa parceria com a start-up de serviços de helicóptero Voom, a pensar no mercado empresarial.

A Cabify, empresa espanhola de transportes urbanos via app, lançou um serviço de táxi aéreo na cidade de São Paulo, no Brasil.

Fruto de uma parceria com a start-up de serviços de helicóptero Voom, a app espanhola pretende fortalecer a sua posição no mercado corporativo.

“A Cabify, que já detém um serviço similar de táxi aéreo na Cidade do México, pretende investir na otimização do tempo de uso dos helicópteros para diminuir o custo dos voos e tornar-se mais competitiva do que empresas que já realizam este serviço em São Paulo”, referiu Daniel Bedoya, CEO da empresa no Brasil, à Reuters.

Segundo o gestor, inicialmente serão disponibilizadas “algumas dezenas de helicópteros”, operando em percursos que ligam seis heliportos na cidade, mas podem acontecer ajustes de acordo com a procura.

Os preços vão de 150 reais (cerca de 41 euros) a 600 reais (cerca de 163 euros) para voos entre os heliportos dos aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Campo de Marte e outros pontos que incluem a região do centro financeiro da avenida Faria Lima e das Nações Unidas, locais que integram a oferta atual da Voom.

São Paulo tem uma frota de cerca 410 helicópteros e mais de 200 heliportos, tornando-a na segunda cidade com maior número de helicópteros do mundo, segundo dados do órgão de turismo da capital brasileira.

Leia também: “Dona da Volvo compra start-up que desenvolveu carro voador“.

Comentários