A empresa inaugurou, em novembro passado, o seu primeiro espaço em Lisboa que dispõe de uma sala de provas do vinho. Apesar de contar com 72 clientes na capital e de estar presente em Viseu e Leiria, a BrasaVini tem objetivos ambiciosos: conquistar o mundo.

A BrasaVini carrega o peso de um património único constituído por terraços de vinhas, que vão desde as margens do rio até ao alto das montanhas, o Douro vinhateiro. Surgiu em 2015 pelas mãos de dois amigos, Carlos Marques da Costa e Alisson Poltronieri, que contaram desde logo com o apoio dos enólogos Jorge Alves e Valter Silva.

“Os nossos solos são essencialmente de xisto, em algumas zonas também graníticos. Embora particularmente difíceis de trabalhar, são benéficos para a longevidade das vinhas e permitem mostos concentrados de açúcar e cor. Portanto, esta dificuldade propõe-nos a abertura à inovação e a ambição de fazer diferente. Aliados ao respeito pela tradição e pelos valores da ética e da responsabilidade, a génese desta organização tem sabido preservar a visão do futuro”, explicam os impulsionadores do projeto, que inauguraram a 11 de abril de 2016 as instalações da BrasaVini, no Areeiro, em Lisboa.

“É com enorme prazer que a BrasaVini cria oficialmente a sua página do Facebook, após a abertura das suas instalações em Lisboa. Foi precisamente no dia de São Martinho (11 de novembro) que a abertura foi bem harmonizada com muitos amigos e profissionais da área”. Foi assim que a empresa deu a conhecer o novo espaço na rede social. Aqui encontramos os vinhos com a sua chancela, os da marca Carpa: o Douro Branco 2014 das castas Viosinho, Gouveio e Moscatel Galego Branco; o Douro Tinto 2014 das castas Touriga Franca, Tinta Roriz, Tourinha Nacional e Tinta Barroca e ainda o Douro Reserva 2012 tinto, com castas Tinta Roriz, Touriga Nacional e Touriga Franca. Neste espaço existe sala para degustação.

“O Douro Branco 2014 de cor jovem citrina, com aroma elegante e jovem, na boca é sedoso e vigoroso com um final longo e persistente. Já o Douro Tinto 2014, de cor jovem, vermelho rubi, no nariz intenso com predominância dos frutos vermelhos maduros ainda muito frescos e intenso. Na boca é sedoso e envolvente com um final longo e persistente. Por fim, o Douro Reserva 2012 é um vinho de cor rubi profunda, no aroma é intenso e complexo, dominado por frutos vermelhos maduros (cássis e morango) e frutos pretos (ameixa). Na boca revela um excelente volume, acidez bem integrada, taninos de boa qualidade, presença de frutos vermelhos bem marcados, com notas a balsâmico e resina”, explica Poltronieri ao Link To Leaders.

Atualmente, a BrasaVini conta com 72 clientes, desde restaurantes e hotéis, até empresas de catering, mas somente em Lisboa. Além disso, está também presente em Leiria e Viseu, e já passou fronteiras.

Segundo Poltronieri, “já vendemos para a Lituânia, onde temos contrato, e estamos a fechar contratos com a China, Brasil e EUA, pois já foram feitas provas, envios de produtos para os países e visitas dos clientes à empresa”.

No entanto, para conseguirem levar a marca a bom porto e responderem às solicitações que lhes chegam, os dois sócios, cada um com 50%, precisam de um investidor. O objetivo é aumentarem o stock, conseguirem baixar ainda mais o preço dos vinhos Carpa, desenvolverem um site e começarem as vendas on-line.

“Em Lisboa contamos apenas com um vendedor contratado e outros três comissionistas. Em Leiria temos dois comissionistas e em Viseu também dois comissionistas, o que torna os custos da empresa reduzida”, revela Poltronieri.

No ano passado candidataram-se aos fundos comunitários do Portugal 2020 e, apesar do projeto ter sido aceite, “a verba não foi suficiente para o que tinham delineado”. Neste ano voltaram a candidatar-se e aguardam resposta.

Resumo:
Responsáveis: Carlos Marques da Costa e Alisson Poltronieri
Área: Vitivinícola
Produto: Vinho
Mercado: Nacional e internacional
Necessidade: Investidor
Contacto: apoltronieri2726@hotmail.com

Comentários