Banco Europeu de Investimento financia Bolt

O BEI vai disponibilizar uma linha de crédito de 50 milhões de euros à Bolt para impulsionar a investigação e desenvolvimento de novos produtos.

O Banco Europeu de Investimento (BEI) assinou uma linha de crédito de 50 milhões de euros com a Bolt, uma plataforma europeia de transporte (anteriormente conhecida como Taxify) que permite que as pessoas solicitem um táxi ou um motorista particular, além da disponibilizar scooters elétricas ou serviços de entrega de comida.

O financiamento, que tem o apoio do Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE), visa apoiar o desenvolvimento de produtos e a pesquisa em novas áreas de utilização onde a tecnologia possa melhorar a confiança, fiabilidade e sustentabilidade dos serviços. Aqui incluem-se investimentos em serviços que a Bolt já disponibiliza como sejam os de ride-hailing e os de mobilidade personalizados.

Como frisou Markus Villig, fundador da Bolt em comunicado, a “mobilidade é uma das áreas em que a Europa realmente beneficiará de um campeão local que partilha os valores dos consumidores e reguladores europeus. Por isso, estamos muito entusiasmados por ter o Banco Europeu de Investimento como um dos nossos apoiantes, na medida em que nos permite avançar mais rapidamente para chegar a muitas mais pessoas na Europa”.

Recorde-se que, atualmente, a empresa fundada em Tallin, na Estónia, tem cerca de 30 milhões de clientes, em mais de 35 países. Em Portugal a Bolt está presente desde 2018 (na altura ainda como Taxify), e disputa o mercado com empresas como a Uber e Kapten, entre outras.

Comentários

Artigos Relacionados