A Alemanha é o país europeu com mais empresas neste ranking, seguindo-se o Reino Unido, Itália, França e Espanha.

As empresas emergentes ou start-ups estão a dar um novo impulso à economia europeia, criando postos de trabalho e melhorando a competitividade. O Financial Times elaborou o ranking ‘FT1000: Europe’s fastest growing companies’ que inclui as 1.000 start-ups europeias que mais aumentaram a sua faturação entre 2012 e 2015. A Alemanha é o país europeu com mais empresas neste ranking, seguindo-se o Reino Unido, Itália, França e Espanha.

A alemã HelloFresh, fundada em 2011 e que se dedica a enviar ao domicílio receitas diferentes e os ingredientes necessários para as elaborar, encabeça a lista com um crescimento exponencial da sua faturação de 13.159%, quase a atingir os 305 milhões de euros.

Segue-se a polaca Codewise, também criada em 2011 e que se dedica ao marketing digital. Esta start-up multiplicou as suas receitas em 13.052% em quatro anos, atingindo uma faturação de 31,6 milhões.

No último lugar do ranking, encontra-se a tecnológica alemã Green IT Das Systemhaus, que aumentou a sua faturação em 11.113%, alcançando os 24,3 milhões de euros.

Empresa %
HelloFresh 13.159
Codewise 13.052
 Green IT 11.113
Brainlabs 8.218
 Catapult 7.510
Black Swan 7.054
Optal 6.161
Theano 5.758
Falcon Green 5.587
10º Landwärme 4.164
Comentários