Quase a finalizar uma viagem de 118 dias a 11 países, Tim Vieira, CEO da Bravegeneration, revelou ao Link To Leaders algumas das lições que já retirou desta aventura que começou a 12 de junho.

Quando decidi que uma viagem de 118 dias à volta do Mundo seria a melhor experiência mundial que poderia dar aos meus três filhos, nunca pensei que eu próprio também iria aprender tanto.

1 – A primeira lição valiosa que deve reter é ter uma mente aberta. Esta lição só pode ser bem-sucedida se aprender a relaxar e a ter paciência. Tornar-se mais open mind é vital, se quiser ter o melhor de toda a experiência. Apenas sendo open mind vai entender outras culturas e outros pontos de vista. Muitas vezes, as nossas próprias visões foram construídas através de estereótipos com os quais fomos bombardeados durante o curso da nossa vida. Posso assegurar que se for open mind consegue muito mais da vida. Eu vi em primeira mão como os outros em circunstâncias semelhantes às minhas, se tornaram negativos e quase agressivos ao primeiro obstáculo ou dificuldade com que se depararam, e que as coisas rapidamente foram por “água abaixo” sem razão nenhuma. Leve o tempo que precisar, escute, avalie e só depois aja de uma maneira descontraída, a fim de obter um melhor resultado.

2 – Seja positivo, o mundo é realmente um lugar incrível, com pessoas maravilhosas, e nós somos muito afortunados por viver e fazer parte dele. A prática de ser positivo, desde a palavra olá ao resultado e à experiência com aqueles que estão à sua volta, será surpreendentemente mais positiva do que negativa. Não se foque em todas as notícias negativas, existem muitas. Assim que começar a encontrar boas pessoas, as boas experiências começarão a fluir. É um ciclo: o que colocar nas coisas é o que vai receber. Então coloque boas coisas, veja as coisas boas e as coisas boas vão chegar até si.

3 – Seja realista. Nem todos os dias ou todas as experiências serão incríveis. Há aqueles dias difíceis e intermináveis em que nada parece correr bem. Sugiro que nesses dias ouça as suas canções favoritas, veja um bom filme ou telefone a alguém que o ame. Precisa de passar por esses dias, se quiser chegar aos dias impressionantes que, às vezes, estão apenas a um telefonema de distância. Por vezes, pode estar de mau humor e sentir que aqueles que ama são quem mais o decepciona. Pare, respire e redefina as suas expetativas, porque normalmente definimo-las muito altas e precisamos de voltar à realidade. A nossa vida tem altos e baixos que nem sempre são fáceis e isso acontece a todos, sim a todos, por isso anime-se e prepare-se porque as coisas vão melhorar.

4 – Seja duro ao tomar as decisões que sabe que precisa de tomar para tornar a sua vida mais simples, melhor, mais fácil e mais gratificante. Isso é realmente difícil, mas enquanto viajava, pensei muito sobre as decisões que preciso de tomar de forma a melhorar a minha própria vida, o que em última instância também melhora a vida dos que estão à minha volta. Algumas dessas decisões podem ser pessoais, enquanto outras podem ser decisões de negócios. A verdade, no entanto, é que você sabe, lá no fundo, as que deve tomar para dormir melhor à noite. Algumas delas, sei agora, que deveria ter tomado mesmo antes de iniciar esta viagem, mas a verdade é que às vezes precisamos de tempo para refletir para poder agir.

O tempo e a viagem são provavelmente dois dos melhores parceiros para nos mostrar o que realmente precisamos de fazer, para termos uma vida mais feliz e tranquila. Às vezes devemos arriscar e tomar decisões difíceis, se quisermos começar a seguir na direção certa.

5 – Seja grato por tudo o que tem, muito mais do que muitos outros têm. Eu aprendi a agradecer com mais frequência nesta viagem, à medida que vi como tudo é difícil para muitos outros neste mundo, comparando connosco, que somos afortunados.

Vi como nascer no lugar errado pode influenciar o futuro para sempre ou limitar as suas probabilidades de sucesso. Vi como tantos com tão pouco têm sorrisos enormes e estão felizes, enquanto outros com tanto estão tristes. Temos que ser gratos pelo que recebemos, já que poderíamos tão facilmente ter nascido no lado errado.

Somos considerados bons pais, temos saúde, educação, oportunidade e, acima de tudo, esperança, quando muitos outros estão em circunstâncias desesperadoras, sem culpa alguma. Porque é fácil condenar e culpar os outros quando tivemos todas as oportunidades? Nós somos uns sortudos ou, melhor ainda, abençoados. Seja grato por ser um dos abençoados e nunca se esqueça disso; basta olhar ao redor e poderá ver por si mesmo. O mundo é difícil lá fora.

Durante a minha viagem tive tempo para refletir, arrepender-me e também para ser grato por tudo o que aconteceu na minha vida. Também tive a oportunidade e o privilégio, juntamente com a minha esposa, de influenciar os meus filhos, de forma a torná-los melhores pessoas. Conversámos durante horas sobre todo o tipo de assuntos e rezámos juntos por nós e por aqueles que perdemos durante a nossa viagem. Tem sido uma experiência inacreditável, provavelmente até mesmo uma vida para mim (meia-idade), mas para os meus filhos é no início das suas vidas e tenho esperança que vai ser-lhes muito útil no futuro.

Também perdi dois amigos enquanto viajava e isso fez-me pensar sobre o meu legado. Do que se trata, não temos garantias, temos que viver a vida hoje, temos que amar e perdoar hoje e construir as nossas memórias hoje.

Faça uma viagem e pense em si, e comece a mudança hoje.

 

Versão do texto em inglês:

When I decided that a 118 day Around the world trip would be exactly the thing needed to give my three kids a worldly experience, I didn’t think that I would be learning so much myself.

The first valuable lesson you need to master is to be open minded. This lesson can only be successfully mastered if you learn to chillout, relax and have patience. Becoming more open minded is vital if you want to get the best of any experience that you find yourself in. Only by being open minded will you understand other cultures and other viewpoints other than your own. Many times, our own views have been made up of stereotypes that we have been bombarded with during the course of our life’s. I can assure you that if you are more open minded you will get so much more from life. I have seen first-hand how others in similar circumstances to my own become negative and almost aggressive at the first obstacle or difficulty they encounter, and things quickly go downhill for almost no reason at all. Take your time breath, listen, evaluate and only then act in a cool and relaxed way making the outcome so much better.

Be positive the world really is an amazing place with wonderful people, and we are so fortunate to live and be part of this. Practice in being positive right from the word hello and the outcome and experience you will have with those around you will be surprisingly more often positive than negative. Don’t concentrate and focus on all the negative news there is lots of that but once you start finding for yourself good people the good experiences will start to flow. It’s a cycle of what you put in is what you get out, so put in good stuff, see the good stuff and good stuff will follow and come to you.

Be realistic not every day or every experience will be awesome, there are those tough and endless days where nothing seems to go right. I suggest that on those days you listen to your favourite songs, watch a good movie or phone someone who loves you. You need to get through these days if you want to be around for the awesome days which are sometimes just a call away. You will sometimes be in a bad mood or it will seem that those you love are the ones who most disappoint you. Stop, breath and reset your expectations because normally we set them too high and we need to come back down to reality. Our lives have ups and downs they are not always easy and that goes for everyone, yes for everyone so cheer up and prepare yourself as things will improve.

Be tough by taking the decisions you know you need to take to make your life simpler, better, easier and more fulfilling. This is really difficult but as I travelled, I thought long and hard about what decisions I need to take in order to improve my own life which ultimately improves the life’s of those around me. Some of these decisions might be personal while others might be business decisions the truth however is that you know deep down which ones you need to make in order to sleep better at night. Some of them I know now that I should have made before even going on this trip, but the truth is that we sometimes need time to reflect in order to act. Time and travel are probably two of the best partners in showing us what we really need to do in order to obtain a happier and tranquil life. Sometimes we must just bite the bullet and make the tough decisions if we want to start moving in the right direction.

Be thankful for everything you have as its much more than many others have. I have learnt to say thank you more often on this trip as I have seen how tough many others in this world have it compared to us the fortunate ones. I have seen how being born in the wrong place can influence your future forever or limit your chances of success. I have seen how so many with so little have huge smiles and are happy while others with so much are so sad. We have to be thankful for what we have received as we could so easily have been born on the wrong side. What has entitled us to good parents, healthcare, education, opportunity and most of all hope when so many are in hopeless circumstances for no fault of their own. Why is it easy for us to condemn and blame others when we have had all the opportunities? We are the lucky ones or better yet the blessed ones. Be thankful you are one of the blessed ones and you should never forget that, simply look around and you can see it for yourself. It’s a tough world out there.

During my trip I have had time to reflect, regret and also to be thankful for much that has happened in my life. I have also had the opportunity and privilege together with my wife to influence my children in ways that I know will make them better people than we are. We have chatted for hours about all kinds of topics and prayed together for us and for others that we have missed immensely during our trip. It’s been an unbelievable experience probably even life changing for me (mid-life) but for my children its early in their life’s and I have hope it will serve them well for their futures.

I also lost two friends while away on this trip and this again makes you think about your legacy. What is it all about, we have no guarantees, we have to live life today, we have to love and forgive today and build our memories today.

Take a trip and think about yours and start the change today.

Comentários

Sobre o autor

Avatar

Tim Vieira é empresário em Angola desde 2001, país onde possui, juntamente com o seu sócio Nuno Traguedo, um dos mais relevantes grupos de Media – a Special Edition Holding –, que emprega mais de 500 colaboradores e detém algumas... Ler Mais