A Alle Wine está a desenvolver uma aplicação móvel para responder à crescente procura no enoturismo. O objetivo é lançar-se no mercado em fevereiro de 2020.

Numa só a aplicação, os utilizadores poderão reservar mesa num restaurante vínico, programar a visita a uma unidade de enoturismo e planear uma viagem numa região específica, identificando os diferentes produtores, vinhos produzidos. Esta é a proposta da Alle Wine, uma app ligada ao vinho que esta à procura de novos investidores e parceiros.

Em entrevista à agência Lusa, o fundador e presidente executivo (CEO) da Alle Wine, António Pé-Curto, explicou que a ideia para desenvolver esta aplicação, que “vai funcionar essencialmente como um agregador de conteúdos e que vai sugerir esses conteúdos de forma personalizada”, surgiu quando percebeu que, quem tem interesse em fazer enoturismo em Portugal, não sabe como o fazer.

“[Os turistas] não conhecem bem o que existe”, disse. Face a esse desconhecimento, normalmente é feita uma pesquisa na internet, mas depois, segundo António Pé-Curto, apenas se consegue ter acesso a um número de telefone ou a um endereço de e-mail, para os quais é preciso contactar para fazer marcações, o que nem sempre se consegue de forma rápida.

Esta aplicação vai permitir que, quem não planeou a sua viagem, chegue a Portugal e consiga, na mesma plataforma, “descobrir, escolher, marcar e chegar às adegas e produtores de vinho de forma rápida, cómoda e eficaz, ao mesmo tempo que lhe permite fazer a reserva da sua viagem, estadia e escolher os melhores locais para degustação dentro da zona pretendida”.

Nesta fase inicial, a empresa conta já com uma série de parceiros, especialmente na zona de Lisboa, e vai começar a fazer projetos piloto nas regiões do Douro e do Alentejo.

A aplicação móvel será gratuita e está ainda em fase de finalização, prevendo-se que esteja pronta por volta de fevereiro do próximo ano. O próximo passo, adiantou António Pé-Curto, é “encontrar parceiros para internacionalizar rapidamente o conceito”, dando primazia, numa primeira fase, a localizações como o Brasil, Espanha, França, Itália e, depois, Europa Central.

A primeira aparição pública, onde foi possível testar uma versão da app, aconteceu na Web Summit.

Resumo:
Área: Enoturismo
Produto: Aplicação mobile
Mercados: Brasil, Espanha, França, Itália
Necessidade: Parceiros e investidores
Contacto: info@allewine.com

Comentários